Home > Notícias

Abelhas inspiram sistema anticolisão automotiva criado pela Nissan

Sistema BR23C usa lasers para criar zona de impacto semelhante à das abelhas para detectar possíveis colisões na rota do veículo.

IDG News Service/Japão

26/09/2008 às 10h14

Foto:

Engenheiros da Nissan Motor criaram um sistema anticolisão que se inspira na maneira como abelhas voam que será demonstrado na próxima semana integrado a um carro robótico.

O BR23C foi desenvolvido com a Universidade de Tóquio e é parte do projeto de segurança da Nissan, que pretende diminuir pela metade o número de fatalidades ou acidentes sérios envolvendo veículos entre 1995 e 2015.

Engenheiros começaram a se inspirar em abelhas por sua habilidade em voar em alta velocidade e quase nunca colidir com objetos.

Eles descobriram que abelhas criam uma zona pessoal de impacto em que mantêm uma visão de 300 graus por meio de seus olhos, fazendo ajustes no caminho do vôo quando um objeto é detectado.

No carro robótico, um sistema com lasers mimetiza o olho da abelha e registra em 180 graus potenciais obstáculos. Quando um é detectado, o computador de bordo do veículo calcula o perigo e traça uma rota de colisão, afirmou a Nissan.

Existem limitações, porém. Ao contrário das abelhas, um carro não pode voar para cima ou para baixo e tem que se manter na estrada. O sistema também é limitado pela capacidade do carro virar suas rodas com segurança enquanto corre.

A zona de impacto das abelhas guarda semelhanças com o sistema Safety Shield da Nissan, projeto composto por seis camadas.

Elas começam com o sistema alertando de um possível perigo na estrada e continua tentando dar ao motorista possibilidade de escapar ou assumir a direção quando a colisão é iminente.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail