Home > Notícias

Acidentes domésticos com PCs crescem 732% em 13 anos

Estudo revela que crianças são principais vítimas das casualidades.

Redação do IDG Now!

09/06/2009 às 8h56

Foto:

O número de lesões causadas pelo uso doméstico de computadores aumentou mais de sete vezes, segundo estudo do Centro Hospitalar Nacional de Pesquisa de Acidentes e Lesões Infantis, em Columbus nos Estados Unidos, publicado nesta terça-feira (09/06).

A pesquisa foi realizada com 78 mil pacientes que se trataram de tais ferimentos em hospitais dos Estados Unidos entre 1994 e 2006 e revelou que 93% deles foram causadas por tropeços, batidas e quedas ocorridas em casa.

Ao longo dos quase 13 anos de estudo, o número de ferimentos cresceu 732% - isso é mais que o dobro do crescimento na compra de computadores para uso doméstico no país, segundo o estudo.

Segundo a BBC, crianças com menos de cinco anos de idade são as que mais estão propensas a se ferir, principalmente devido a quedas de monitores ou tropeços nos fios e cabos.

O resultado da pesquisa foi publicado no American Journal of Preventive Medicine (Jornal Americano de Medicina Preventiva).

Um terço dos acidentes ocorridos em 2002, por exemplo, envolveram crianças e adolescentes com idade inferior a 15 anos, apontou o estudo.

Para prevenir acidentes com computadores, é necessário ter certeza de que a máquina está bem posicionada, de modo que não possa ser puxada por uma criança e que não haja fios e cabos em locais de passagem, aconselham os pesquisadores. Ter os móveis corretos também ajuda a prevenir os acidentes.

Uma boa parte dos acidentes, acrescentam, ocorre quando o usuário está apressado para trazer o equipamento de um lugar para o outro e tentam carregar muito peso ao mesmo tempo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail