Home > Notícias

Acordo entre Android e Amazon em música pode incomodar Apple

Preços competitivos e modelo mais aberto podem ameaçar loja iTunes, opina analista da Radar Research.

Computerworld/EUA

23/09/2008 às 19h16

Foto:

O acordo que coloca a loja de MP3 da Amazon no primeiro celular com Android, sistema operacional do Google, deve preocupar a Apple, opinou um analista de mercado.

O T-Mobile G1, lançado nesta terça-feira (23/09), traz embarcada a loja de músicas da Amazon, que compete com a loja iTunes, da Apple.

Segundo o analista Aram Sinnreich, da Radar Research, a Apple deve começar a se preocupar, já que todo o acervo da Amazon é sem proteção de DRM e tem preços competitivos em relação à iTunes Store.

Enquanto a iTunes vende todas as suas músicas por 99 centavos de dólar, a Amazon oferecer suas 100 músicas mais vendidas por 89 centavos de dólar.

“A Apple certamente deveria estar preocupada”, disse Aram Sinnreich, analista de mídia na Radar Research. Ele destacou que a loja Amazon já conquistou relevância no mercado, coma decisão de se afastar do DRM.

Ele defende, contudo, que a parceria deve evoluir para o próximo passo, que seria oferecer músicas por assinatura.

A Nokia já oferece um serviço no modelo. Batizado de "Comes With Music", o pacote oferece downloads ilimitados de músicas para alguns aparelhos.

Sinnreich é pessimista em relação à adoção do modelo pela Apple - apesar de rumores terem sugerido que ela o faria - e acredita que este seja um passo mais lógico para o Android, graças à sua natureza Open Source.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail