Home > Notícias

Adobe e RIM ainda esperam levar o Flash ao BlackBerry

Fabricante quer ter certeza que recurso não decepcionará consumidor; enquanto isso, investe em HTML 5 com o BlackBerry Torch 9800.

Computerworld/EUA

03/08/2010 às 20h38

Foto:

Executivos da Research In Motion afirmaram na terça-feira
(3/8) que a empresa não está ignorando o Flash, mas continua a trabalhar com a
Adobe Systems numa forma de oferecer suporte à plataforma multimídia em seus
celulares.

A RIM lançou seu novo smartphone BlackBerry Torch 9800 na
terça-feira em um evento em Nova York (EUA), mas sem suporte a Flash. A
fabricante revelou que seu mais novo smartphone traz o sistema BlackBerry
6 com um navegador WebKit, e aceita o padrão HTML 5 para playback de vídeo.

Antes do evento, alguns observadores chegaram a especular que a RIM
iria anunciar um novo smartphone com suporte a Flash. Em uma entrevista
concedida em abril à Fox News, o CEO da Adobe Shantanu Narayen disse que a RIM levaria
o suporte a Flash a seus aparelhos no segundo semestre deste ano.

Mas, no evento desta terça, os executivos da RIM recusaram-se
a dizer quando exatamente o suporte a Flash estaria disponível para os
aparelhos BlackBerry. No entanto, um porta-voz disse que o trabalho com a Adobe,
para ajustar a plataforma multimídia aos aparelhos da RIM, estava em andamento.

Ajustes
As empresas vêm tentando ajustar o Flash 10.1 para o
hardware BlackBerry para que os aparelhos possam oferecer uma boa duração de
bateria, bem como performance e eficiência na transferência de dados sem fio,
explicou Tyler Lessard, vice-presidente de alianças globais e de relações com
desenvolvedores da RIM.

“O que é realmente importante... É fazer direito. O conteúdo
e os vídeos em Flash têm exigências muito específicas de hardware, CPU e
memória”, detalhou Lessard.

++++

A empresa quer ter certeza que, quando introduzir o Flash no
sistema de seus smartphones, ele funcionará direito, disse.

“Nós não queremos entregar uma experiência que possa deixar
os usuários felizes no começo – por exemplo, comprando um aparelho novo só
porque ele roda Flash -, só para descobrir depois que ela não funcionou como se
esperava.”

A importância do Flash é difícil de ignorar quando se leva
em conta a web e seu potencial como plataforma de software, e a RIM continua a
investir no desenvolvimento dessas plataformas, disse Lessard.

“Percebemos uma tendência crescente do uso de Flash, Adobe
AIR e outras tecnologias Adobe não apenas em conteúdo web, mas também para aplicações
stand-alone, tanto para uso pessoal como por empresas”, disse Lessard.

Em outubro de 2009, a RIM e a Adobe anunciaram que iriam trabalhar
juntas para levar o Flash a aparelhos BlackBerry.

Com o sistema BlackBerry 6, a RIM se junta a empresas como a
Apple e a Google, que apóiam o padrão HTML 5 para distribuir conteúdo
multimídia e vídeo. Apesar de o Android da Google suportar Flash, a Adobe se
engajou em um embate público com a Apple, que não suporta a reprodução de
conteúdo Flash em seus aparelhos iPhone e iPad.

O CEO da Apple Steve Jobs chegou a desbancar publicamente o
Flash, chamando-o de lento, devorador de energia e cheio de bugs.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail