Home > Notícias

Adoção de smart card aumenta vendas em restaurante em 20%

Troca de cartões no Memphis Burger permitiu também a identificação dos clientes, aumentando fidelização em 30%.

Luiza Dalmazo, repórter do COMPUTERWORLD

17/04/2008 às 15h01

Foto:

Em muitos
restaurantes, ao final da refeição o cliente recebe um cartão em papel com um
carimbo ou adesivo. Quando completa 10 ou 15 ganha uma refeição ou uma bebida.
Mas, cansados de tantos papéis na carteira, jogam fora e a estratégia não se
torna efetiva. A Memphis Burguer também era adepta da prática. Mas, quando
soube que poderia usar a tecnologia da informação a seu favor e tornar a
iniciativa ainda mais eficaz, a lanchonete se rendeu.

Quem deu a idéia foi um cliente – o gerente de marketing da E-Safetransfer,
Dayyán Morandi. Depois de apresentar a idéia e agendar reuniões para mostrar
também a ferramenta, o dono da Memphis, Renato Noschese, decidiu investir 5 mil
reais para implementar a novidade.

A empresa começou a entregar e oferecer aos clientes o cartão
que compra em novembro do ano passado. Os usuários colocam uma quantia no cartão
e ganham 20% em cima do valor que põe. “A média que põe é de 50 reais”, conta o
dono.

Hoje 300 clientes já se tornaram adeptos do cartão. Para
receberem, informam endereço e outros dados, o que viabiliza para o comerciante
a elaboração de marketing direcionadas. A meta de Noschose é ter 1000 clientes
até o final do ano e aumentar em 40% o resultado registrado em janeiro de 2008,
que foi de 20% mais do que aquele obtido em janeiro de 2007.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail