Home > Notícias

Agência européia quer rever leis sobre segurança nas redes sociais

Entidade pede que imagens sejam divulgadas só com autorização de fotografados e que usuários sejam informados como redes operam.

IDG News Service/Bruxelas

27/05/2008 às 10h16

Foto:

A maior agência de segurança de internet da Europa, European Network and Information Security Agency, pediu, nesta terça-feira (27/05), que seja criada uma nova legislação para vigiar melhor as redes sociais.

“As redes sociais são ferramentas muito úteis, mas devemos criar recomendações para proteger melhor as pessoas dos riscos que estes sites oferecem”, diz o diretor executivo da ENISA, Andreas Pirotti.

Mais sobre redes sociais:
> 10 características irritantes
> Facebook explica novo design
> Efeito da portabilidade de dados nas redes

Ele sugeriu que a legislação da União Européia deve ser expandida para “omitir as imagens que as pessoas postam na web”, pede Pirotti, adicionando que é necessário obter autorização de uma pessoa antes de publicar uma foto online.

Pirotti também afirmou que há uma “necessidade crucial” de atenção para a forma como as redes sociais funcionam. Muitas pessoas não sabem que podem ser consideradas amigas de pessoas que não conhecem. Além disso, nem todos sabem que é quase impossível apagar materiais uma vez que eles apareceram na web, diz o diretor.

Segundo Pirotti, a segurança de redes está sob constante ameaça de spammers e criminosos. Cerca de 6 milhões de computadores devem estar infectados e são usados como redes de botnet sem que os usuários percebam.

“Não queremos que as estruturas sejam rompidas ou que ocorra um ’11 de Setembro’ digital”, afirma.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail