Home > Notícias

AMD lança linha Opteron, de chips com 6 núcleos para servidores

Linha de processadores mais rápidos da empresa, apelidada de Istanbul, coloca AMD em vantagem frente à Intel em servidores.

IDG News Service/EUA

01/06/2009 às 19h07

Foto:

A fabricante AMD anunciou na segunda-feira (01/06) a oferta de chips Opteron de seis núcleos para servidores. Até então, a empresa oferecia apenas chips de quatro núcleos, que atendem pelo codinome Shangai.

O chip de seis núcleos, chamado de Istanbul, vai oferecer uma performance 30% melhor consumindo a mesma quantidade de energia que o modelo anterior, afirmou o diretor de marketing de produto do grupo de servidores da AMD, Brent Kerby.

A norte-americana AMD está competindo com a rival Intel para colocar mais núcleos em seus processadores para melhor a performance do dispositivo ao mesmo tempo em que diminui o consumo de energia.

Executivos da Intel, que já oferecem chips para servidor Xeon com quatro núcleos, detalharam os planos envolvendo o processador de oito núcleos Nehalem EX, que deverá ser lançado em 2010. Na mesma época, a AMD promete o lançamento do chip de 12 núcleos, de codinome Magny-Cours.

A AMD está lançando cinco chips Istanbul com velocidades que chegam a 2,6 GHz e consomem até 75 watts durante o uso médio do PC. Dois processadores serão parte da série Opteron 8000, enquanto outros três farão parte da linha Opteron 2000. Os chips terão preços que variam entre 455 dólares e 2.649 dólares nos Estados Unidos.

Chips Istanbul serão usados por servidores com até oito soquetes, o que pode elevar o poder de processamento das máquinas para até 48 núcleos. Fabricantes de servidores, como a HP e a Dell, já confirmaram que usarão os novos chips em suas máquinas.

A Dell oferecerá processadores do tipo em seis servidores PowerEdge, enquanto a HP se negou a comentar detalhadamente seus planos envolvendo anúncios com o Istanbul.

As vendas globais de servidores, incluindo sistemas x86, caíram 26,5% no primeiro trimestre de 2009 para 1,49 milhão de unidades na comparação com os três primeiros meses de 2008. A queda é a maior em cinco anos, segundo dados divulgados pela consultoria IDC.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail