Home > Notícias

AMD Radeon R9 295X2 rouba o título de “placa de vídeo mais rápida do mundo”

Placa de poder de processamento de 12 Teraflops, mais de 40% superior à GeForce Titan Z da Nvidia, 8 GB de RAM GDDR5 e sistema de refrigeração à água dedicado.

Rafael Rigues*

07/04/2014 às 17h41

Foto:

O mercado de placas de vídeo é marcado por uma "corrida armamentista" entre os dois principais fabricantes, a Nvidia e a AMD, que entre outras coisas competem para ver quem tem a placa de vídeo mais rápida do mundo. Recentemente a Nvidia clamou o título com a Titan Z, um monstro com duas GPUs GK110 "Kepler", 12 GB de memória GDDR5 e impressionantes 8 Teraflops de poder de processamento. Duas semanas depois, é a vez da AMD dar o troco.

A Radeon R9 295X2, conhecida internamente pelo codinome "Projeto Hydra", consiste basicamente em duas GPUs R9 290X em uma só placa, acompanhadas de 8 GB de memória GDDR5 acessada através de duas interfaces de 512 Bits. O poder de processamento que chega aos 11.5 Teraflops, o que equivale a um supercomputador na lista Top500 (que duas vezes ao ano lista os supercomputadores mais rápidos do planeta) de 7 anos atrás.

R9295X2_Specs-450px
Ficha técnica da Radeon R9 295X2
Foto: Rafael Rigues

Como é de se esperar, tudo isso consome uma enorme quantidade de energia, e gera uma enorme quantidade de calor. A R9 295X2 exige, por si só, 500 Watts para alimentação e dois conectores de 8 pinos. Ela ocupa um slot PCI-E 3.0, dois slots (físicos) no gabinete e tem um sistema de refrigeração a àgua integrado, em loop fechado e com "manutenção zero", desenvolvido em parceria com a Asetek. Além do ventilador integrado à placa há um radiador e ventilador externos, medindo 120 x 152,5 x 64 mm, que devem ser fixados ao gabinete.

R9_295X2_Placa-580px
A Radeon R9 295X2. Placa longa pode não caber em todos os gabinetes
Foto: Rafael Rigues

A AMD se orgulha da construção e acabamento da placa, citando um "backplate" (a placa traseira) completamente metálico e o fato de que tanto o ventilador integrado quando o logo Radeon no topo da placa são iluminados, algo que pode ser interessante para os "modders" que gostam de exibir seu hardware em gabinetes feitos sob medida cheios de janelas e luzes.

R9_295X2_Radiador-400px
Detalhe do radiador externo da Radeon R9 295X2. já fixado ao gabinete

 A Radeon R9 295X2 suporta DirectX 11.2 e a nova API proprietária da AMD, Mantle, que segundo a empresa permite que os programadores consigam mais desempenho ao interagir de forma mais direta com o hardware. A placa tem uma saída HDMI, quatro saídas DisplayPort e suporte aos novos monitores 4K, com poder de processamento suficiente para rodar sucessos como "Battlefield 4" nessa resolução.

O preço e a data de chegada ao mercado da Radeon R9 295X2 ainda não foram divulgados.

* O jornalista viajou a Austin, no Texas, a convite da AMD

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail