Home > Notícias

AMD versus Intel: processo só será julgado em fevereiro de 2010

AMD acusa a Intel de oferecer subsídio ilegal para forçar 38 empresas na América do Norte, Ásia e Europa a usar seus produtos.

IDG News Service/Reino Unido

06/06/2008 às 9h43

Foto:

O processo da Advanced Micro Devices contra a rival Intel, acusada de competição ilegal no mercado de chips, deve ir a julgamento apenas em fevereiro de 2010.

Anteriormente, o julgamento estava marcado para abril de 2009, disse a porta-voz Hollis Krym, na quinta-feira (05/06). A ação foi aberta e 2005.

A AMD acusa a Intel de oferecer subsídio ilegal para forçar 38 empresas na América do Norte, Ásia e Europa a usar seus produtos, em alguns casos ameaçando-as, caso fizessem negócios com a AMD.

A empresa alega que a Intel cooptou grandes clientes, como Dell, Sony, Gateway e Hitachi, para fazer acordos exclusivos em troca de dinheiro, preços diferenciados ou subsídios em marketing.

Em março de 2007 a Intel disse que poderia ter perdido e-mails internos exigidos como prova no processo. Recentes documentos legais mostram que a empresa ainda procura os e-mails internamente.

Os problemas da Intel não param por aí. Na quinta-feira, a empresa foi multada em 25 milhões de dólares na Coréia do Sul pelo abuso da sua posição de liderança no mercado de chips.

No centro da investigação, estava a acusação de que a Intel oferecia reembolsos em dinheiro a fabricantes coreanos de forma a prejudicar a concorrente AMD. A Intel ainda pode apelar à corte suprema da Coréia.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail