Home > Notícias

América Latina: a cada cem celulares vendidos, 15 devem ser iPhones

Novos recursos do iPhone 3GS e queda no preço do modelo antigo farão crescer de 8% para 15% participação do smartphone em 2009.

Redação do IDG Now!

28/07/2009 às 11h58

Foto:

O iPhone, da Apple, deve conquistar 15% do mercado de smartphones na América Latina em 2009, com mais de um milhão de unidades vendidas, segundo estudo da consultoria Pyramid Research. No ano passado, a Apple ficou com 9% do mercado na região. Um dos motivos desse crescimento, aponta a consultoria, é o lançamento do iPhone 3GS.

Como um todo, a participação de smartphones no mercado de telefonia celular da América Latina deve passar dos 3%, registrados em 2008, para 30% até 2014.

A Pyramid Research afirma que o iPhone é um dos modelos que mais cresce por causa da força de sua estratégia de marketing, incluindo o poder da marca Apple e acordos com operadoras locais.

Além disso, jogam a favor do equipamento sua interface de usuário agradável, navegação web facilitada e o acesso a uma grande variedade de aplicativos.

A consultoria prevê que a diminuição no preço do modelo antigo, o iPhone 3G, de 8 GB, também impulsione as vendas - esse modelo deverá representar mais de 60% dos iPhones vendidos este ano. Brasil, México, Venezuela, Argentina, Chile e Peru são os países que oferecem as maiores oportunidades na América Latina e venderão 90% do total de smartphones da região este ano.

Outro fator crucial a contribuir com essa expansão é o interesse das operadoras em aumentar suas receitas por meio do uso de smartphones em suas redes, bem como a intensificação da competitividade no segmento, onde fabricantes têm introduzido novos modelos e reduzindo preços.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail