Home > Notícias

Americanos fazem filas para lançamento de Halo: Reach

Vendas ultrapassaram a marca de 1 milhão de cópias em apenas três horas após o lançamento

Renato Rodrigues, do IDG Now!

14/09/2010 às 5h05

Foto:

Milhares de americanos formaram filas na noite da segunda-feira (13) para comprar a nova versão (a quarta) do popular game de tiro em primeira pessoa (FPS) para Xbox 360, "Halo: Reach".

O IDG Now! acompanhou a abertura das vendas na principal loja de games de Belevue, cidade ao lado de Redmond, onde fica a sede da Microsoft. Pouco antes da meia-noite, havia mais de 150 pessoas - a maioria jovens, claro - em uma enorme fila no maior shopping da cidade.

Halo:Reach

Personagem fantasiado como Master Chief

A primeira da fila era Erica Congdon, uma menina de 19 anos, que chegou na loja às 19h30 de segunda. Acompanhada do namorado, ela se considera apenas uma "boa" jogadora de Halo. "Adoro jogos de tiro em primeira pessoa", disse.

Segundo o gerente da loja Game Stop, Aaron Kirby, somente para a primeira noite eram esperadas entre 200 e 250 pessoas.

O lançamento atraiu também uma equipe da desenvolvedora do game, a Bungie. Roger Wolfson, diretor de desenvolvimento do software dos servidores do game, disse esperar que, por volta das 14h desta terça (14), haja cerca de 1.1 milhão de jogadores online ao mesmo tempo - um novo recorde para o jogo, o dobro do pico da versão anterior, Halo 3. Grande parte do sucesso do game deve-se ao modo online.

halo_reac_promotoras_300

Promotoras do game

E Halo: Reach parece realmente fadado ao sucesso. Somente nas primeiras 3 horas de venda, o game ultrapassou 1 milhão de cópias vendidas somente nos EUA, além do fato de as primeiras críticas terem sido bem positivas. Detalhe: o jogo custa US$ 60, o que significa 60 milhões de dólares de faturamento. Ou seja, em 24 horas é muito provável que esta nova versão renda mais que a maioria dos blockbusters de Hollywood.

gamesshutter_625.jpg

Com mais de 30 milhões de cópias vendidas, a versão anterior, Halo 3, é um dos games mais bem-sucedidos da história - sendo superado somente por Call of Duty: Modern Warfare 2.

A Bungie era uma subsidiária da Microsoft até 2007, quando se separou. A empresa de Redmond, no entanto, ainda detém os direitos sobre o título, cuja produção agora está a cargo da 343 Industries, uma subsidiária.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail