Home > Notícias

Anatel proíbe vendas de chips da TIM, Oi e Claro a partir de 23/07

Decisão da agência reguladora deve-se a problemas de qualidade nas ligações, empresas deverão apresentar planos de investimento em 30 dias

Da Redação

18/07/2012 às 17h46

Foto:

A Anatel acaba de anunciar a suspensão, a partir de segunda (23), das vendas de chips das operadoras Oi, Claro e TIM. O anúncio foi feito pelo presidente da agência, João Rezende, em coletiva para a imprensa na sede da entidade, em Brasília (DF). 

A TIM não poderá vender em 19 Estados, a Oi em cinco (Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Roraima, Rio Grande do Sul) e a Claro, em três (Sergipe, Santa Catarina e São Paulo). A Anatel disse que o critério para o bloqueio foi barrar as vendas da empresa com pior índice de atendimento e qualidade de serviço em cada Estado.

Segundo a agência reguladora, a decisão deve-se aos problemas na qualidade dos serviços prestados, como queda nas ligações. As vendas somente poderão voltar ao normal após essas operadoras demonstrarem planos de investimentos - que serão avaliados pela Anatel - em até em 30 dias.

A multa para descumprimento da decisão é de 200 mil reais por dia, disse Rezende. "É uma medida extrema para arrumação do setor. Queremos que as empresas deem uma atenção especial a qualidade da rede, principalmente com relação às constantes interrupções", afirma o presidente da Anatel.

De acordo com a Anatel, a Vivo não foi punida por apresentar indicadores de qualidade dentro dos padrões da agência em todos os Estados.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail