Home > Notícias

Android contribui para desempenho recorde do mercado de smartphones

Mercado global recebeu um total de 43,3 de unidades no terceiro trimestre. Nokia segue na liderança.

Redação do Computerworld/EUA

06/11/2009 às 12h08

Foto:

O mercado mundial de smartphones aumentou 4,2% entre julho e setembro de 2009, alcançando um recorde trimestral, apesar da economia internacional ainda não atravessar um bom momento. Os números foram divulgados pela consultoria IDC na última quinta-feira (5/11) e se referem às transações entre fabricantes e lojistas, e não às vendas para o consumidor.

Ao todo, foram colocados no mercado para venda  43,3 milhões de smartphones no  terceiro trimestre. No mesmo período de 2008, o volume chegou a 41,5 milhões de unidade.

O analista da IDC Ramon Llamas disse que a demanda no terceiro trimestre foi forte, a exemplo do que ocorre durante o ano inteiro, destacando que smartphones oferecem entretenimento e variedade de funções que não estão disponíveis em celulares tradicionais.

“Com os usuários em busca de melhor funcionalidade nos seus dispositivos, acreditamos que o mercado de smartphones deva continuar crescendo mais rápido do que o setor de celulares tradicionais”, disse Llamas por meio de comunicado.

Efeito Android
O analista da IDC Will Stofega acredita que o sistema móvel Android, desenvolvido pelo Google e que roda em aparelhos de variadas fabricantes, contribuiu para aumentar o interesse nos smartphones. Ele disse esperar que o Android aumente a competitividade entre dispositivos como iPhones, Blackberries e os que usam o Windows Mobile.

Enquanto o iPhone recebe mais atenção nos Estados Unidos, a Nokia ainda é a líder global em smartphones, afirmou a IDC. O principal produto da fabricante finlandesa é o N97, mas ela também anunciou o N900, que rodará o Maemo, sistema operacional móvel baseado no Linux.

A Nokia observou um crescimento de 6,6% na distribuição de smartphones, atingindo 16,4 milhões no terceiro trimestre, ante 15,4 milhões no mesmo período de 2008. Isso proporcionou à Nokia ter aproximadamente 38% do mercado.

A Research in Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, ocupa a segunda posição, com 19% de participação, tendo negociado com o varejo 8,2 milhões de smartphones no trimestre. A Apple aparece em terceiro com 7,4 milhões de iPhones  distribuídos e 17% do mercado.

A IDC não compilou o total de dispositivos com Android ou Windows Mobile que rodam em aparelhos de diversas fabricantes.

Além de ter sido o melhor trimestre para o setor de smartphones, o total de 43,3 milhões de dispositivos foi 3,2% superior aos 41,9 milhões distribuídos no segundo trimestre de 2009, finalizou a IDC.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail