Home > Notícias

Android ganha 4 pontos percentuais e encosta na Microsoft

Pesquisa da comScore no mercado dos EUA revela crescimento acelerado da plataforma móvel da Google e queda dos concorrentes.

Redação do IDG Now!

08/07/2010 às 19h25

Foto:

O sistema móvel Android, da Google, aumentou sua fatia de mercado em 4 pontos porcentuais em três meses e já encosta na Microsoft. É o que revela um relatório da empresa de pesquisas comScore, com base em seu serviço MobiLens de estatísticas para o mundo móvel. Os números são válidos para os Estados Unidos.

A pesquisa, que leva em conta usuários com 13 anos ou mais, baseia-se na média dos três últimos meses terminados em maio de 2010, e é comparada com a média do período anterior de três meses encerrada em fevereiro.

Segundo a comScore, em maio 234 milhões de americanos com 13 anos ou mais usavam algum tipo de celular.

De acordo com o relatório, em termos de OEM a Samsung lidera o mercado americano de celulares, com 22,4% do mercado - um ponto porcentual a mais que no trimestre anterior. A RIM, fabricante do BlackBerry, também apresentou avanço, de 8,2% em fevereiro para 8,7% em maio.

Todos os outros fabricantes pesquisados, por sua vez, apresentaram queda: LG (-0,2 ponto), Motorola (-1,1 ponto) e Nokia (-0,6 ponto). Vale lembrar que os porcentuais correspondem à participação de mercado como fornecedor OEM - sob essa forma, os aparelhos fabricados por essas empresas podem ter marcas diferentes ao chegar ao mercado.

Smartphones
Nos smartphones, o destaque é mesmo a Google, cujo sistema Android abocanhou 4 pontos porcentuais, saltando de 9% para 12% em três meses - à custa de todas as outras plataformas concorrentes. Não foi a única façanha: com o salto, o Android encostou na Microsoft, que perdeu 1,9 ponto porcentual - a maior queda no setor - chegando a 13,2%.

A RIM continua a liderar, porém perdeu 0,4 ponto porcentual no período, caindo para 41,7%. No mesmo levantamento, a Apple aparece com 24,4% do mercado, em queda de 1 ponto porcentual - o resultado, no entanto, não leva em conta o impacto do iPhone 4. Lanterninha, a Palm - agora da HP - perdeu 0,6 ponto porcentual, caindo para 4,8%.

A comScore estima que 49,1 milhões de americanos tinham smartphones em maio de 2010.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail