Home > Dicas

Android, iPhone ou BlackBerry? Saiba para qual deles é mais fácil criar aplicativos

Desenvolvedores falam da experiência de trabalhar com as três alternartivas e elegem pontos fortes e fracos de cada uma

Brad Reed, da Network World (EUA)

03/05/2010 às 18h41

Foto:

Você é um desenvolvedor de software que criou uma nova aplicação para smartphones, prestes a estourar em todo o mundo. Por melhor que seja o trabalho, você tem um problema: sua brilhante e inovadora aplicação não terá apenas que competir com muitas outras, com ambições similares, mas também disputar espaço com elas entre múltiplas plataformas. Com tamanha diversidade de sistemas operacionais disponíveis no mercado, pode ser assustador para um desenvolvedor de software fazer o seu nome.

Infelizmente, não inexiste uma solução única para desenvolvedores de software interessados em entrar no mercado de aplicações móveis. Cada sistema operacional tem diferentes fraquezas e pontos fortes e algo a oferecer aos desenvolvedores.

Pense, por exemplo, no sistema operacional do iPhone, que recorrentemente recebe aplausos dos usuários por sua facilidade de uso e por contar com uma loja de aplicações, a App Store, com cerca de 200 mil aplicativos aprovados. Apesar de parecer um sonho para muitos desenvolvedores, alguns têm dito que justamente o grande número de aplicações tem dificultado a competição.

“É mais fácil desenvolver para o iPhone do que para outros sistemas operacionais, mas é mais difícil fazer dinheiro com o aparelho da Apple”, afirma o Chief Executive Officer (CEO) da desenvolvedora de software Handmark, Paul Reddick. A empresa é especializada no desenvolvimento de aplicativos móveis de notícias.

“Apesar de ser relativamente fácil conseguir colocar seu produto na App Store, não é fácil se fazer notar quando existem outros 140 mil junto com você. A questão-chave é descobrir como fazer com que você seja percebido”, acrescenta.

Variedade de formatos
Obviamente, o fato de tantos desenvolvedores desejarem criar aplicações para o iPhone é mais um sinal de sucesso do que de fracasso. Além disso, alguns desenvolvedores afirmam que o tamanho uniforme da tela facilita a criação. Aplicativos desenvolvidos para aparelhos Blackberry ou que utilizam o sistema operacional Android precisam sempre ser adaptados, devido aos diferentes tamanhos de tela dos modelos fabricados pelos fornecedores. Um aplicativo para iPhone serve para todas as versões do celular da Apple.

A grande novidade a chegar ao mercado de sistemas operacionais móveis nos últimos tempos foi o Android. Como o sistema operacional do Google é open source, qualquer desenvolvedor pode acessar seu código e criar aplicativos. Além disso, desenvolvedores afirmam que é fácil colocar aplicações na loja de aplicativos, o Android Market, já que o Google não atua como um “porteiro”, avaliando cada aplicação. Na verdade, o Google permite a entrada de todas as aplicações submetidas à loja e só remove do Android Market aquelas consideradas inapropriadas, mas isso depois que elas são publicadas.

Confira o artigo completo na Computerworld

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail