Home > Notícias

Android pode incluir filtros baseados em classificação dos usuários

Google revela plano de se inspirar no YouTube para permitir avaliações que diminuam chance de download de programa ruim.

IDG News Service/EUA

25/07/2008 às 11h10

Foto:

O Google revelou planos de usar um sistema de classificação baseado na opinião do usuário para ajudar a manter aplicativos para o Android, ruins ou perigosos, longe de telefones celulares.

O gigante de busca está em negociação com operadoras para oferecer telefones com o sistema operacional aberto, afirmou Rich Miner, diretor do grupo de plataformas móveis do Google. No entanto, as operadoras querem garantir que usuários não instalarão aplicativos com problemas, afirma ele.
 
Há dois tipos de aplicativos que preocupam as operadoras: uma que pode prejudicar telefones, redes ou dados pessoais dos assinantes, e outra que diz respeito a experiências frustrantes ao usuário.

Problemas podem gerar mais tarde um grande volume de ligações para o suporte da operadora, justifica Miner.

O Google não se compromete em impedir que aplicativos sem aprovação sejam publicados, mas considera usar um sistema de classificação similar ao já usado no YouTube para desencorajar a publicação de softwares ruins.

Teoricamente, usuários poderiam classificar os aplicativos por um sistema de estrelas. Caso achem aplicativos com poucas estrelas, usuários tendem a não baixá-los, reduzindo o impacto de softwares de baixa qualidade ou maliciosos, analisa Miner.

Também inspirado no YouTube, o Google pode remover aplicativos ou serviços que violem direitos autorais, afirmou ele.

Segundo Miner, o Android está planejado para chegar ao mercado no segundo semestre deste ano, já considerando planos de subsídio para aparelhos que integrem a plataforma.

O executivo, porém, afirmou que as negociações continuam para que operadoras permitam que usuários adicionem qualquer aplicativo nos aparelhos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail