Home > Notícias

Anunciantes tem acesso aos dados de usuários do Facebook e Twitter

Segundo Wall Street Journal, várias redes não cumprem os termos de uso do serviço e compartilham informações com terceiros.

PC World/EUA

21/05/2010 às 8h08

Foto:

Redes sociais como Facebook têm sido alvo de uma enxurrada de denúncias de falhas de segurança e problemas relacionados à privacidade. O mais recente golpe foi disparado pelo Wall Street Journal, que descobriu que várias dessas redes compartilham com seus anunciantes informações que podem ser utilizadas para identificar as pessoas.

Com a investigação movida pelo jornal, Facebook e MySpace teriam começado a mudar essa prática, que é defendida pelas empresas como legítima. Na verdade, a informação sobre a última página vista por um internauta antes de clicar em um anúncio é normalmente fornecida por sites aos anunciantes.

O problema é que, no caso das redes sociais, esse dado de última página vista com frequência revela informações consideradas sigilosas, como nome de usuário ou dados de perfis, que podem ser utilizados para rastrear os indivíduos. Dependendo do que uma pessoa publicou nessa página, os anunciantes podem ter desde endereços residenciais a nomes verdadeiros.

De acordo com a reportagem, os sites têm condições de não revelar esses dados aos anunciantes, mas simplesmente não tomam essa atitude. Sites como Facebook, Twitter, MySpace e Digg, entre outros, mostram ao anunciante tanto qual perfil estava sendo visto e quem estava vendo essa página, o que fere a promessa feita nos termos e condições de uso, no qual os serviços prometem não compartilhar dados dos usuários com terceiros, sem o consentimento do usuário.

Está cada vez mais difícil acreditar em privacidade em redes sociais...

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail