Home > Notícias

APCM tira do ar mais de 45 mil links para conteúdo pirata este ano

Segundo entidade, houve crescimento de 1607% na remoção de links para conteúdo ilegal, na comparação com o ano anterior.

Redação do IDG Now!

04/11/2008 às 13h22

Foto:

Os agentes da APCM, braço da Motion Picture Association (MPA) responsável pelo combate à pirataria no Brasil, removeram mais de 45 mil endereços que disponibilizavam conteúdo protegido por direitos autorais.

De acordo com a entidade, o número equivale a um crescimento de 1607% em comparação com o mesmo período de 2007.  No passado, foram removidos 2.644 sites e links para conteúdo ilegal.

A APCM afirma que o crescimento é uma tendência mundial, relacionada com o aumento do número de computadores no país e o aumento da penetração da banda larga no País. Apesar do aumento, a entidade explicou que, "no Brasil, a maior dificuldade ainda é com os DVDs piratas encontrados nas ruas de todo o País".

Além de remover o conteúdo considerado pirata em sites, a APCM retirou do ar arquivos de redes de compartilhamento peer-to-peer (P2P), como o Kazaa, o eMule e torrents, totalizando 247.902 remoções.

A MPA representa os seis principais estúdios de cinema dos EUA
e realiza uma intensa campanha mundial contra pirataria. O escritório regional da
MPA para a América Latina está localizado em São Paulo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail