Home > Notícias

Aplicação ProxySG ajuda garantir a entrega de conteúdo pela Internet

Software promete facilitar a implantação de aplicativos em redes com versões de protocolos diferentes, sem perder a produtividade.

IDG News Service

01/02/2010 às 19h27

Foto:

Com o ProxySG, a Blue Coat oferece suporte para as empresas que querem usar a nova versão de protocolo da internet, o IPv6, e promete que as organizações possam reduzir custos e aumentar a produtividade, preservando a distribuição de conteúdo.

A aplicação atua como um intermediário inteligente entre os pedidos e entrega dos conteúdos, possibilitanto a recuperação de aplicativos, serviços e dados em qualquer ambiente de rede, mesmo que elas utilizem as duas versões do protocolo IP (IPv4 ou IPv6), em um processo totalmente transparente aos usuários.

“Muitas iniciativas da tradução do protocolo IPv4 para redes que já utilizam o IPv6 não entregam os pedidos de forma eficaz”, disse o cientista chefe da Blue Coat, Li Qing. Para exemplificar, ele cita uma abordagem em que é necessário atualizar as máquinas do cliente e também o servidor, o que significa trabalho extra, o que tem como consequência a baixa eficiência.

Qing acrescenta que a transição para o IPv6 mais a plataforma da Blue Coat, é uma forma de reduzir riscos durante a migração. "Acreditamos que a implantação do protocolo IPv6 já traz desafios para a instalação e também para a segurança de dados. e estamos oferencendo uma plataforma segura para implantação de aplicativos".

O ProxySG funciona por meio do reforço das políticas corporativas de TI para facilitar a conversão dos aplicativos que estão no protocolo IPv4 para o protocolo IPv6. Isso ajuda na continuidade do negócio sem a necessidade de reescrever as aplicações, segundo informou a Blue Coat.

O cientista diz que o sistema funciona ao permitir acesso aos dois protocolos. Se um usuário da rede com IPv4 tenta acessar o Google Map – que está em um endereço IPv6k - será tentado primeiro pelo IPv4 e, se não for possível, será usado o IPv6.

"O sistema irá associar ao nome do usuário, seja qual for o protocolo, a seu endereço IP. Dessa forma escrevemos a política de uso da aplicação de acordo com esse endereço do usuário, não importando mais qual o protocolo usado", diz Qing.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail