Home > Dicas

Aplicativo Beamer permite streaming de vídeo de Mac antigo para Apple TV

Software que custa US$15 também é útil para donos de Macs mais novos pois reproduz formatos não suportados pelo iTunes.

Macworld / EUA

11/03/2013 às 14h32

Foto:

Conheço mais do que algumas pessoas que conectam um Mac mais antigo a suas TVs usando diferentes cabos de áudio e vídeo para reproduzir diferentes mídias A maioria delas adoraria poder fazer streaming sem fio desses conteúdos para uma Apple TV, mas os computadores delas não são novos o suficiente para suportarem a tecnologia AirPlay e o espelhamento via AirPlay do OS X 10.8 (Mountain Lion). Algumas vezes, os usuários que tem um Mac mais novo conseguem fazer streaming via iTunes, mas também possuem clipes em formatos que o software da Apple não suporta.

A não ser que a Apple esteja trabalhando em uma “mágica” inesperada com o OS X, os Macs mais antigos nunca terão capacidades de espelhamento via AirPlay. E não espere ver o iTunes suportando mais formatos de vídeos em breve. Mas graças ao software Beamer (15 dólares), o streaming via AirPlay ainda é possível nessas máquinas. Esse aplicativo simples e permite transmitir vídeos de Macs mais antigos (e novost ambém) para uma Apple TV de segunda ou terceira gerações. Especificamente, o Beamer funciona com Macs Intel de 64-bit (todos os modelos a partir de 2007, juntamente com alguns lançados em 2006) rodando o OS X 10.6 ou versão mais recente.

Abra o Beamer, e sua janela mostra todas as Apple TVs em sua rede local. Escolha uma, e o Beamer te instrui a “soltar” um arquivo de filme na janela do software; alguns segundos depois, o clipe começa a ser reproduzido na Apple TV selecionada (Um recurso que gostaria de ver no app é uma reprodução listada, para que pudesse soltar vários vídeos no Beamer e tê-los reproduzidos em ordem).

O Beamer realiza streaming do vídeo para a sua Apple TV como seria se você tivesse feito pelo iTunes: em tela cheia, com uma barra de progresso sempre que você aperta pause ou usa controles para acelerar ou retroceder. Na verdade, você pode usar o controle remoto da sua Apple TV para controlar a reprodução – não é preciso fazer isso pelo Mac. Se o seu arquivo de vídeo inclui legendas (ou está “pareado” com um arquivo de legendas) em formatos MicroDVD, SSA/ASS, SubRip (SRT), ou Sub Viewer, o Beamer pode exibir essas legendas durante a reprodução, apesar de não ser possível ajustar tamanho ou fonte.

Mas o Beamer não é apenas para Macs mais antigos: ele também é útil para Macs mais novos rodando Mountain Lion. Mesmo que esses modelos tenham suporte para espelhamento via AirPlay, o OS X 10.8 espelha a interface inteira do sistema – assistir a um vídeo pelo espelhamento via AirPlay não é tão elegante quanto usar o Beamer, que faz streaming apenas do vídeo (e, como mencionado acima, te permite usar o controle da própria Apple TV para controlar a reprodução). O Beamer também suporta mais formatos de vídeo do que fazer o streaming via iTunes: AVI, FLV, M4V, MKV, MOV, MP4, e WMV (mas não vídeos protegidos com DRM). Você pode até exportar apresentações do Keynote como arquivos de filme e apresentá-los via wireless. Além disso, mesmo que seu Mac suporte espelhamento via AirPlay, você pode achar que transmitir um vídeo usando o Beamer fica melhor e apresenta menos problemas de desempenho.

beamermac01.jpg

Infelizmente, o Beamer não pode realizar o streaming de DVDs (apesar de conseguir fazer streaming de arquivos VOB individuais em uma pasta VIDEO_TS de um DVD “ripado”). E o Beamer converte faixas de áudio com vários canais para estéreo, por isso vocêr perde efeitos de som surround. (O FAQ do desenvolvedor afirma que futuras versões do app vão ter suporte para áudio multi-canais). Por último, o desenvolvedor afirma que às vezes o Beamer pode ter problemas ao realizar streaming de arquivos muito grandes – vimos relatos de problemas com 4GB ou maiores.

O Beamer realiza apenas uma tarefa, mas em meus testes se saiu muito bem. E por 15 dólares, é muito mais barato do que comprar um novo Mac apenas para ter a habilidade do AirPlay.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail