Home > Notícias

Aplicativo para Android furtava dados pessoais

O app foi colocado no ar por um usuário chamado de Jackeey Wallpaper. Ele inclui wallpapers de temas populares, como a série Star Wars.

IDG News Service

29/07/2010 às 10h36

Foto:

Um aplicativo de papel de parede para o sistema operacional Android, da Google, é capaz de recolher dados pessoais e enviá-los para um misterioso site na China, de acordo com as informações de dois especialistas da Lookout, empresa de segurança, divulgadas durante Black Hat 2010, conferência de segurança.

Embora não pareça, o programa é capaz de furtar informações, o que representa um grande risco, ainda mais neste momento em que o uso de aplicativos em smartphones está crescendo, informaram, hoje (29/7), John Hering, executivo-chefe, e Kevin Mahaffey, diretor de tecnologia da Lookout, segundo divulgou o site Mobile Beat..

O programa foi colocado no ar pelo desenvolvedor Jackeey Wallpaper. Ele inclui papéis de parede do desenho animado My Little Pony, da série Star Wars, entre outros temas populares.

Segundo os especialistas, ele coleta informações do histórico de navegação, mensagens de texto, números de telefone do cartão SIM, a identificação do assinante e, até mesmo, a senha de correio de voz. Depois estes dados são enviados ao site www.imnet.us. A págna é propriedade de alguém, localizado em Shenzhen, na China.

Estima-se que que entre 1,1 e 4,6 milhões de downloads do app já tenham sido feitos. O número exato não é conhecido porque a política da Android Market não oferece dados precisos.

Os executivos da companhia de segurança trabalham em um projeto intitulado App Genome Project, que registra dados de mais de 100 mil apps gratuitos para Android e iPhone, e analisam os seus devidos comportamentos.

"47% dos aplicativos Android acessam algum tipo de código de terceiros, enquanto, no iPhone, o número é de apenas 23%", informaram os executivos.

"Mesmo aplicativos bons podem ser modificados para atuar de forma maléfica, depois de  terem sido baixados. Os usuários devem prestar atenção nos downloads realizados. Além disso, os desenvolvedores precisam ser responsáveis sobre os dados que coletam e como utilizam" finalizou Mahaffey. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail