Aplicativo para stalkear contas privadas no Instagram é deletado da Play Store

A falta de privacidade de terceiros custava, também, a falta de privacidade dos próprios usuários

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/aplicativo-para-stalkear-contas-privadas-no-instagram-e-deletado-da-play-store/
Clique para copiar

Um aplicativo chamado Ghosty, que permitia que o usuário visualizasse as publicações de perfis privados no Instagram, foi deletado da Google Play Store após a própria rede social informar que enviaria uma carta de cessação e desistência ao desenvolvedor do software.

Para funcionar, o serviço exigia que o usuário cedesse acesso ao seu perfil, além de convidar ao menos um amigo para participar. Em seguida, se o membro visualizasse um perfil privado, ele também ficaria disponível para que os demais usuários do Ghosty o enxergassem, mesmo que suas fotos e vídeos fossem privados, ou seja, “um paraíso para os stalkers”, segundo o site Android Police.

Apesar de cobrar uma taxa de assinatura, o aplicativo já havia sido baixado mais de 500 mil vezes desde o seu lançamento, em abril deste ano. No entanto, as intenções de lucro do desenvolvedor foram travadas quando o Instagram notificou que os usuários não podem transferir “nenhum aspecto” de suas contas para outras pessoas e afirmou que “sim, este aplicativo viola nossos termos”, através de um porta-voz, que conversou com a BBC.

Enquanto isso, o desenvolvedor de Ghosty não se pronunciou sobre o episódio e nem mesmo o porta-voz do Google foi capaz de responder se o aplicativo foi removido voluntariamente ou se foi a plataforma que impediu o seu funcionamento.

Relacionadas

Instagram começa a esconder contagem de likes nos Estados Unidos

A revelação foi realizada pelo CEO da rede social

App do Facebook tem erro que liga a câmera sem autorização do usuário

Por enquanto, bug atinge apenas donos de iPhone

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site