Home > Notícias

Após reclamações, novo iPad deixa de ter 4G em seu nome

Apple realizou mudança depois que órgãos reguladores e clientes reclamaram de "propaganda enganosa" na Austrália e Europa; modelo agora é chamado de "Wi-Fi + Celular"

PC World / EUA

14/05/2012 às 12h48

Foto:

A Apple parou de chamar o novo iPad de “apto para 4G” após órgãos reguladores tomarem medidas por causa da capacidade do aparelho se conectar a redes LTE de alta velocidade apenas nos EUA. Apesar de ainda estar listado como “capaz para redes 4G LTE”, o novo iPad agora é chamado de “Wi-Fi + Cellular” em vez de “Wi-Fi + 4G” nos EUA, Reino Unido, Austrália, Canadá, e várias partes da Ásia.

O novo iPad trazia conectividade com 4G LTE desde o lançamento, mas a pegadinha é que ele só era compatível com as redes de alta velocidade dos EUA, das operadoras AT&T e Verizon. Em qualquer outro lugar do mundo, a conectividade celular era atingida por meio de redes de dados 3G, incluindo HSPA e HSPA+, que algumas operadoras ainda classificavam como 4G.

A classificação da Apple gerou críticas de órgão reguladores na Austrália porque os anúncios publicitários da empresa passavam a ideia errada para os consumidores sobre a conectividade 4G do aparelho. Além disso, a companhia também recebeu reclamações de clientes na Europa pelo mesmo motivo.

Lançado no Brasil na última semana, o novo iPad continua sendo chamado de “Wi-Fi + 4G” por aqui. Os preços do aparelho no país variam entre 1.550 reais e 2.300 reais.

Leia também:

- Vídeo: Vale a pena comprar o novo iPad?

novoipad_435.png

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail