App do Facebook tem erro que liga a câmera sem autorização do usuário

Por enquanto, bug atinge apenas donos de iPhone

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/app-do-facebook-tem-erro-que-liga-a-camera-sem-autorizacao-do-usuario/
Clique para copiar

Uma nova falha de segurança pode ter sido descoberta no aplicativo móvel do Facebook. Usuários do Twitter têm relatado que a versão do app para iOS tem ativado sozinha a câmera sem autorização do dono do aparelho. E para que isso aconteça, basta abrir o serviço. O Facebook já teria confirmado o erro e diz que está investigando o ocorrido.

De acordo com usuários no microblog, o problema pode acontecer em mais de uma maneira. Um deles afirma que a interface da câmera do Facebook Stories apareceu brevemente ao inverter um vídeo no modo retrato para paisagem. Então, ao tentar voltar para a linha do tempo, a câmera foi aberta sem interferência do usuário.

Outro usuário diz que, ao visualizar uma foto no aplicativo e arrasta a imagem para baixo, é possível enxergar o visor de câmera ativo ao fundo da página.

O erro parece ser reproduzido em pelo menos cinco modelos de iPhones, todos rodando o iOS 13.2.2. Versões do iPhone com iOS 12 estariam imunes ao problema. Sites como CNET e The Next Web também já verificaram que o erro acontece em modelos mais antigos de iPhone. O The Verge testou em um iPhone 11 Pro rodando o iOS 13.2.2, mas não encontrou o bug.

Guy Rosen, vice-presidente do setor de integridade do Facebook, disse que o problema parecer ser somente um bug e que a companhia está investigando o que estaria causando o erro. Ao que tudo indica, parece ser apenas algo relacionado ao funcionamento do app de câmera, e não que a câmera esteja de fato fazendo gravações indevidas dos usuários. Outras pessoas acreditam que o app de câmera fica ligado o tempo inteiro em segundo plano, mas que só agora por conta desse bug isso foi descoberto. Resta aguardar um posicionamento mais concreto do Facebook para consertar a falha.

Fontes: The Verge, CNET

Relacionadas

Facebook e Instagram não querem mais emojis de berinjela e pessêgo

O problema é a conotação sexual

Facebook e Instagram vão sinalizar publicações “fake news”

Por enquanto, a novidade está disponível apenas nos Estados Unidos

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site