Home > Notícias

Apple acusa Nokia de infringir 13 patentes do iPhone

Empresa finlandesa já tinha processado a fabricante americana em outubro, sob alegação de que ela teria se apropriado de 10 tecnologias.

IDG News Service

11/12/2009 às 15h21

Foto:

A Apple deu início a um processo na Justiça americana em que acusa a Nokia de infringir 13 patentes da Apple, em resposta ao processo aberto em outubro pela Nokia contra a Apple.

A Apple não forneceu detalhes sobre as patentes que a Nokia teria violado. "Outras empresas devem competir conosco inventando suas próprias tecnologias, não roubando as nossas", afirmou o conselheiro geral e vice-presidente sênior da Apple, Bruce Sewell, em comunicado.

Nem a Apple, nem a Nokia responderam às solicitações para comentar o assunto.

Em outubro, a Nokia entrou com um processo na Corte de Delaware (EUA), em que acusa a Apple de infringir 10 de suas patentes.

A Nokia argumenta que as patentes têm sido usadas pela Apple no iPhone desde que o aparelho foi lançado, em junho de 2007. As patentes cobrem tecnologias de dados sem fio, codificação e decodificação de velocidade, segurança e criptografia.

Maior fabricante de celulares do mundo, a Nokia afirma ter investido aproximadamente US$ 60 bilhões em pesquisa e desenvolvimento nos últimos 20 anos para adquirir estas patentes. Aproximadamente 40 empresas licenciaram estas patentes, argumenta a Nokia. A Apple, contudo, não está entre elas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail