Home > Notícias

Apple admite superaquecimento do iPhone 3GS e sugere uso como causa

Para a empresa, smartphone não tem problemas; uso de determinadas aplicações e exposição ao sol podem superaquecer o equipamento.

Redação da PC World/EUA

02/07/2009 às 11h15

Foto:

A Apple divulgou um alerta sobre o aquecimento do iPhone 3GS, admitindo publicamente que seu celular pode sofrer superaquecimento.  Vários sites, como os da PC World, Gizmodo e Engadged, publicaram reportagens sobre essse problema, a partir de reclamações de internautas; alguns alegaram que aquecimento chega a alterar a cor da tampa traseira do iPhone, pela alta temperatura.

Apesar do alerta, a apple não admitiu falhas no aparelho e sugere que o problema está relacionado ao modo de uso do iPhone 3GS. No site da companhia, ela adverte que o iPhone não deve ser deixado no interior de veículos estacionados e expostos ao sol, já que a temperatura pode ultrapassar os 45ºC, o que não é indicado para o iPhone. Outro possível problema é o uso
contínuo de alguns aplicativos em ambientes quentes demais ou expostos
à luz do sol.

Na página de suporte da Apple, a empresa adverte que “se a temperatura interna do aparelho ficar fora do normal, o iPhone ativa seu dispositivo de segurança", que diminui o consumo de energia do aparelho, escurece a tela e perde sinal de rede. Esse sistema está incluso no iPhone 3G e 3GS para evitar danos do aparelho.

A recomendação da Apple para os usuários que receberem esse aviso é levar o iPhone para ambientes menos quentes para que sejam resfriados e então retomem suas atividades.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail