Home > Notícias

Apple anuncia cartão de crédito Apple Card, sem taxas ou anuidade

Todos os processos funcionam pelo iPhone, que contará com um programa de benefícios em compras. Haverá também um cartão físico feito de titânio

Da Redação

25/03/2019 às 15h53

Foto: Apple

Os rumores de que a Apple lançaria um cartão de crédito são reais. Nesta segunda-feira (25), a empresa revelou durante o evento "É hora do show" o Apple Card, com a promessa simplificar inúmeros processos que envolvem os cartões tradicionais, porém com um foco muito maior em transparência e segurança.

Criado pela Maçã em parceria com o banco americano Goldman Sachs, o Apple Card funciona por meio do aplicativo Apple Wallet, o que significa que os usuários podem gerenciar suas compras usando somente o iPhone junto com o Apple Pay. A bandeira escolhida é do Mastercard, e todos os processos acontecem diretamente no iPhone. Em locais onde o Apple Pay ainda não é aceito, a empresa lançará uma versão física do cartão. Não há número, código de segurança, validade ou assinatura, pois todas as informações estão disponíveis no celular.

Assim como nos cartões tradicionais, o Apple Card também oferece um programa de benefícios chamado Daily Cash. Para cada compra realizada no cartão, a companhia devolve uma pequena quantia de volta para ser utilizada como quiser. São devolvidos 2% de todo o valor gasto para aquisições no geral, e 3% para compras feitas na Apple (online ou física, App Store ou iTunes Store). Já para o cartão físico de titânio, a devolução é de apenas 1%. Não há limite de acúmulo para a devolução de valores.

Além disso, o Apple Card não possui taxas de anuidade, atraso, de limite ou de uso internacional, e a companhia afirma que quer garantir as menores taxas de juro da indústria. Inicialmente, o Apple Card estará disponível nos Estados Unidos entre junho e setembro deste ano.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail