Home > Notícias

Apple anuncia o iOS 5

Sistema trará “mais de 200 novos recursos” e estará disponível no final deste ano. Conheça as 10 principais novidades.

Lex Friedman, Macworld.com

06/06/2011 às 17h55

Foto:

SAN FRANCISCO (06/06/2011) - A Apple deu aos usuários nesta segunda-feira uma primeira amostra do iOS 5, a próxima geração do sistema operacional da empresa usado em iPods, iPads e iPhones. Durante uma apresentação que marcou o início da Worldwide Developers Conference o vice-presidente sênior da empresa, Scott Forstall, cobriu 10 novos recursos, entre os mais de 200 planejados para o sistema.

Desenvolvedores poderão colocar as mãos no novo sistema operacional desde já. Consumidores terão de esperar mais um pouco: a data de lançamento mencionada foi apenas “neste outono” (no hemisfério norte), provavelmente no mês de setembro para coincidir com a data estimada de lançamento de novos iPods e, segundo os rumores, do iPhone 5.

A seguir, saiba mais sobre cada uma das novidades anunciadas.

Notificações

Talvez nenhum dos novos recursos do iOS 5 vã ser tão bem-vindo quanto o novo sistema de notificações. Os dias das janelinhas de alerta, que interrompiam o usuário, estão contatos, e o anúncio por Forstall da mudança arrancou aplausos e gritos da audiência. 

O iOS 5 trará o que a Apple chama de Notification Center, um único lugar que combina todas as duas notificações. Para acessá-lo basta arrastar o dedo do topo para o centro da tela em qualquer aplicativo. A lista que surge na tela inclui ligações perdidas, mensagens no correio de voz, mensagens de texto, notificações de aplicativos (push notifications) e até mesmo informações atualizadas sobre o mercado financeiro e previsão do tempo.

É possível fechar o Notification Center e voltar para o aplicativo que você estava usando, ou rapidamente abrir o aplicativo que gerou a notificação. Notificações podem ser excluídas da lista com um toque no X ao seu lado.

O sistema de notificações também foi integrado à Lock Screen, que mostra todos os alertas recebidos enquanto o aparelho estava inativo. Com um gesto é possível abrir diretamente o aplicativo que gerou um alerta.

Newsstand

Forstall disse que “a maioria das grandes editores de revistas e muitos jornais” já adotaram o serviço de assinaturas na App Store. O Newsstand é um aplicativo dedicado para acessar e baixar estes periódicos. Ele se parece muito com o iBooks, mas focado em revistas e jornais. Novas edições serão entregues aos aparelhos durante a noite e automaticamente, via download.

Twitter

De acordo com Forstall, as pessoas enviam mais de 1 bilhão de tweets por semana. Uma das novidades no iOS 5 é o login integrado no Twitter: basta informar seu nome de usuário e senha no aplicativo Ajustes, e clientes Twitter não irão mais pedir essa informação separadamente. 

Vários dos aplicativos da Apple, como Camera, Photos, Safari, YouTube e Mapas irão suportar integração direta com o Twitter, para que você possa postar rapidamente fotos e vídeos na rede social. É possível até mesmo usar o Twitter para atualizar as fotos de seus contatos na agenda.

Safari

Forstall disse que o Webkit, o “motor” Open Source desenvolvido pela Apple que é o coração do Safari, é responsável por 90% de toda a navegação em dispositivos móveis. Entre as novidades do navegador está um recurso chamado Reader que, de forma similar ao que já acontece no Safari no Desktop, reformata textos na web para melhor legibilidade, removendo atalhos de navegação, propaganda e outro conteúdo que possa causar distrações.

Também é nova a Reading List, uma forma simples e conveniente de marcar um artigo para leitura posterior. Itens em sua Reading List (Lista de Leitura, em uma tradução livre) são compartilhados com o Safari no Mac ou no PC.

A navegação com abas também fará sua estréia oficial no iOS 5, e as abas tem o mesmo visual que tem no Safari no desktop. Parece que no momento este recurso está limitado ao iPad, devido a restrições no tamanho da tela de aparelhos como o iPhone.

Mail

O Mail, segundo Forstall, é um dos aplicativos mais usados em aparelhos com iOS. No iOS 5 o aplicativo ganha a capacidade de adicionar formatação ao texto (como negrito, itálico e sublinhado). Também é possível arrastar endereços entre os campos Para: e Cc:, e há suporte a “flagging”, para marcar mensagens importantes. 

Outra novidade importante é a capacidade de fazer buscas no texto completo das mensagens, o que inclui também mensagens que não tenham sido baixadas para o aparelho, mas estão presentes no servidor. No iPad, é possível fazer um gesto para retornar à Inbox quando em modo retrato.

Usuários do Exchange também receberam atenção, com a adição de suporte ao padrão S/MIME. Um ícone de cadeado aparecerá no campo do destinatário para indicar quando você está enviando uma mensagem criptografada. Durante a demonstração do Mail, Forstall mencionou que o dicionário integrado ao iBooks, que permite clicar em uma palavra para ver sua definição, estará disponível em todo o sistema no iOS 5. Outro novo recurso mencionado por Forstall é um teclado dividido, para facilitar a digitação com os dedões: basta tocar e arrastar um botão para mudar o teclado e posicioná-lo da forma que achar mais confortável na tela, e o ajuste será lembrado por todos os aplicativos.

iMessage

Como já diziam os rumores antes mesmo da abertura da WWDC, o iOS 5 inclui um novo aplicativo de mensagens chamado iMessage. Ele permite enviar textos, fotos, vídeos e compartilhar contatos entre usuários de aparelhos com o iOS, e também tem um recurso para conversas em grupo.

Há recursos como recibos de entrega e leitura das mensagens, e indicação de quando seus contatos estão digitando algo para você. A mensagens são entregues em todos os seus dispositivos iOS, via 3G ou Wi-Fi, usando uma conexão criptografada.

O aplicativo pode ser visto como uma nova abordagem, e até um substituto, do SMS, MMS e mensagens instantâneas tradicionais. Assim como o serviço BlackBerry Messenger, que é limitado aos usuários do BlackBerry, o iMessage será limitado aos usuários com aparelhos iOS.

Lembretes

Embora a App Store esteja cheia de aplicativos com lembretes, ou talvez por causa disso, a Apple está lançando um novo aplicativo para isso com o iOS 5. Ele suporta múltiplas listas de afazeres, que podem ser associados a datas ou locais. Este último recurso é particularmente poderoso: seu aparelho agora pode lhe lembrar de alguma tarefa ou compromisso assim que você sai, ou se aproxima, de um local. Os lembretes são sincronizados com o iCal no Mac e Outlook no Windows, e integrados à ferramenta de busca do iOS.

Câmera

O iPhone 4 é a segunda câmera mais popular no Flickr, e a primeira entre os smartphones, disse Forstall. O iOS 5 torna ainda mais fácil tirar fotos mesmo com o iPhone bloqueado reativando um atalho que existia antes do iOS 4: basta um duplo-clique no botão Home para abrir a câmera. E agora é possível usar os botões de volume com obturador para bater a foto, em vez do botão virtual na tela.

O aplicativo da câmera poderá mostrar linhas na tela para ajudar na composição das fotos, e tem suporte ao gesto de pinça para zoom na imagem (zoom digital). O aplicativo também ganhou recursos de edição como Recortar, Rotacionar, redução de olhos vermelhos e o sistema de melhoria das imagens com um clique, como já presente no iPhoto nos Macs.

PC Free

Forstall declarou que pessoas querem comprar iPhones e iPads sem precisar ligá-los a computadores para ativação ou atualizações do sistema. A partir do iOS 5, iPhones e iPads mostrarão uma tela de configuração quando ligados pela primeira vez, permitindo que a “ativação” seja feita no próprio aparelho.

Atualizações do sistema operacional também serão feitas “pelo ar”, usando uma conexão Wi-Fi ou 3G, sem a necessidade de sincronia com o iTunes. Também não é mais necessário plugar o aparlho ao computador para fazer sincronia de dados (isso poderá ser feito via Wi-Fi), e um novo sistema de “Delta Updates” (que atualiza apenas as partes que mudaram em um aplicativo, em vez do aplicativo inteiro) tornará as atualizações de aplicativos muito mais fáceis e rápidas.

Forstall disse que, como parte do processo de “cortar o cordão com o PC”, a Apple buscou eliminar situações onde os usuários eram forçados a voltar para seus computadores em vez de usar diretamente seus aparelhos como iOS. Várias tarefas, como adicionar e excluir calendários, criar e excluir caixas postais e a já mencionada edição de imagens, agora podem ser feitas nos aparelhos, ajudando a eliminar a necessidade de um PC.

Game Center

O iOS é “a plataforma de games mais popular do planeta”, disse Forstall. O Game Center completou nove meses de idade, e agora tem 50 milhões de usuários (o Xbox Live tem 8 anos e 30 milhões de usuários). O aplicativo Game Center ficou mais social, permitindo que o usuário adicione uma foto ao seu perfil, compare seu desempenho com o dos colegas usando Achievement Points, veja quem são os amigos de seus amigos, recomende amigos e jogos. E no iOS 5 o Game Center terá suporte a jogos em turnos (como Words with Friends), integrado ao sistema operacional.

E tem mais!

De acordo com Forstall, estes são apenas 10 dos mais de 200 novos recursos no iOS 5. Um slide final mencionou vários deles: espelhamento da tela de um iPhone ou iPad na TV via AirPlay, sem fios, sincronia via Wi-Fi com o iTunes, novos gestos multitoque para alternar entre aplicativos, um novo aplicativo de música no iPad, suporte a dicionários pessoais, previsão do tempo atualizada de hora em hora, atalhos de digitação, rotas alternativas no aplicativo de mapas e muito mais.

O iOS 5 estará disponível aos consumidores entre setembro e dezembro deste ano, e irá rodar em todos os iPads, no iPhone 3GS e 4 e nos modelos de terceira e quarta geração do iPod Touch.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail