Home > Notícias

Apple baixa preços do iAd para conquistar novos clientes e brigar com a Google

De acordo com a Bloomberg, companhia cortou em até 70% os valores de sua plataforma de anúncio mobile; empresa de Steve Jobs tem perdido mercado para rivais

Macworld / Reino Unido

11/07/2011 às 15h00

Foto:

Pela segunda vez desde o lançamento do serviço em 2010, a Apple cortou o preço das taxas do iAd em até 70%, segundo informações da Bloomberg. Vale lembrar que em fevereiro deste ano a companhia já havia baixado os valores de sua plataforma de publicidade móvel. Fontes não identificadas disseram que esse novo corte indica que a Apple está “lutando para levar sua tecnologia líder ao sucesso na indústria de anúncios.”

Mesmo com esses custos menores, algumas agências de publicidade ainda estão infelizes com os preços da Apple no iAd, uma vez que as promoções alcançam apenas usuários do iOS. O preço ainda é maior do que seus rivais, e as escolhas mais populares entre os publicitários parecem ser o AdMob, da Google, a Millennial Media e a Greystripe, já que sua audiência é muito mais ampla.

O vice-presidente sênior de estratégia da agência de publicidade Young & Rubicam, Thom Kennon, afirma que “o ecossistema fechado da Apple pode ter sido interessante a curto prazo para os anunciantes, mas a longo prazo eles se sabotaram com os preços.”

As fontes não identificadas citadas pela Bloomberg disseram que a Apple cortou a compra mínima de anúncios em 70% se o anunciante trouxer várias campanhas de uma vez. O chefe de marketing da Greystripe, Dane Holewinski, afirma que ao usar o iAd “você está cortando pela metade sua audiência potencial ao focar em uma única plataforma.”

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail