Home > Notícias

Apple bane de sua loja app que compartilha Internet com computador

Desenvolvedora diz ter "explicado tudo" antes de aprovação inicial pela empresa e acusa companhia de monopólio

Macworld / EUA

30/11/2011 às 10h45

Foto:

Os desenvolvedores de um aplicativo de tethering para iPhone retirado da App Store acusaram a Apple de tê-los enganado. “A Apple nos avisou que ia retirar nosso aplicativo iTether da App Store porque ele sobrecarregava a rede da operadora”, afirmou a 3052155 Nova Scotia Ltd, companhia por trás do app, em uma declaração publicada em seu site.

O iTether (US$ 15) permite que os usuários compartilhem a conexão com a web do iPhone com um Mac ou notebook Windows, por exemplo (vale lembrar que, em países como o Brasil, esse recurso está disponível em Ajustes, Acesso Pessoal). O app foi lançado na última segunda-feira, 28?11, mas foi retirado da App Store cerca de 12 horas depois.

Os usuários também precisavam instalar um aplicativo cliente gratuito em computador, que podia então acessar a web fora de um hotspot Wi-Fi quando um iPhone com iTether estivesse conectado ao computador por meio de um cabo USB.

“Nós fomos muito claros quando listamos o app sobre qual era sua função principal e eles até nos responderam com várias perguntas e pediram uma demonstração em vídeo”, disse a desenvolvedora do programa. “Então eles aprovaram o software.”

A 3052155 Nova Scotia Ltd. disse ter ficado “muito desapontada com a decisão da Apple” e acusou a empresa de comportamento monopolista. “Nossa equipe está avaliando quais serão as nossas opções legais”, afirmou a companhia.

A fabricante do iTether também questionou a afirmação da Apple de que o aplicativo sobrecarregaria as redes das operadoras móveis dos EUA.

“Nós discordamos fortemente que ele sobrecarrega uma rede de operadora, uma vez que a partir do nosso próprio histórico de dados com mais de 500 mil usuários nós sabemos que um usuário comum consome menos de 200 MB de dados por mês no Tether”, disse a Nova Scotia, em referência ao seu software para aparelhos Android e BlackBerry.

A companhia confirmou que os usuários que já tinham baixado o iTether poderão continuar usando o app normalmente.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail