Home > Notícias

Apple bate recorde e corrige 134 falhas do Mac OS X

Atualização 10.6.5 para o Snow Leopard chega com um pacotão de correções de segurança, 41% delas relacionadas ao Flash

Computerworld/EUA

11/11/2010 às 12h08

Foto:

A Apple corrigiu na quarta (10/11) um número recorde de vulnerabilidades no Mac OS X, com mais de 130 problemas sanados, superando o pacote de março, que tinha como alvo 90 brechas.

O pacote de updates de segurança, conhecido como Security Update 2010-007, faz parte da atualização 10.6.5 para o Snow Leopard e é oferecido separadamente para quem ainda usa o Leopard, versão anterior do sistema operacional.

Segundo o especialista em segurança Charlie Miller (tricampeão do concurso de hackers Pwn2Own, e que invade sistemas da Apple em poucos segundos) a atualização é “enorme”, mas mesmo assim ainda deixou várias brechas sem correção.

Veja também:
Especial: iPhone e iPad viram máquinas de cartão de crédito

5 recursos do iOS 4.2 que devem facilitar o uso do iPad nas empresas

TV no iPad e no iPhone: FilmOn libera dezenas de canais pagos

Vale lembrar que o volume de correções, apesar de grande, é inflacionado pelo Flash, com 55 vulnerabilidades. Ao contrário de outras empresa que oferecem sistema operacional, a Apple disponibiliza seu software junto com o Flash Player, e fica responsável pelas correções.

Mas isso pode mudar. Há três semanas, a Apple confirmou que o novo MacBook Air é o seu primeiro computador a ser vendido sem o Flash incorporado. Não seria nenhuma surpresa se a companhia de Steve Jobs fizesse o mesmo com outros modelos e separasse o Flash de seu sistema operacional.

bugsnowleopard300

Snow Leopard: correções de segurança melhor integração com o Exchange

Apple e Adobe têm brigado desde 2007 por conta do Flash. Steve Jobs, principal executivo da empresa da maçã, considera esse formato (amplamente utilizado na Internet) inseguro e ultrapassado, tanto que ele não é suportado em dispositivos como iPhone e iPad.

Além de questões de segurança, o upgrade 10.6.5 corrige problemas como um bug relacionado à impressão em equipamentos HP via conexão wireless, acrescenta suporte para transferência de arquivos criptografados para o serviço de armazenamento online da Apple e aprimora a confiabilidade das conexões com servidores Exchange.

Apesar de ser um arquivo para correções, já foram identificados efeitos colaterais da atualização. Usuários do software de criptografia Whole Disk Encryption, por exemplo, relataram que seus Macs simplesmente não conseguem fazer boot após a atualização, obrigando esses usuários a fazerem a restauração a partir de backups.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail