Home > Notícias

Apple censura aplicativo Dalai Lama para iPhone chinês

App Store da China barra no mínimo cinco aplicativos relacionados ao líder espiritual tibetano

IDG News Service

30/12/2009 às 13h04

Foto:

Depois que a operadora de celulares China Unicom começou as vendas do iPhone no país, a App Store chinesa passa por um processo mais rigoroso de aprovação de aplicativos por causa da censura estabelecida. No mínimo cinco aplicativos relacionados com o líder religioso Dalai Lama e a dirigente uigur exilada Rebiya Kadeer foram barrados de entrar na loja da Apple.

Alguns dos aplicativos que chamavam Dalai Quotes, Dalai Lama Quotes, e Dalai Lama Prayerwheel traziam pensamentos inspirados do líder espiritual tibetano. Outro chamado Paging Dalai Lama mostrava aos usuários o local onde Lama estaria proferindo. O quinto aplicativo Nobel Laureates continha informações de Prêmios Nobel ganhos, incluindo Dalai Lama.

Funcionários chineses condenam Dalai Lama como um separatista "perigoso" buscando separar Tibete da China. No ano passado a a polícia virtual da China bloqueou o acesso à iTunes Store da Apple porque a loja de música oferecia um álbum em apoio às pessoas que procuram liberdade no Tibete.

Outro aplicativo chamado 10 Conditions que trazia um documentário sobre a vida de Rebiya Kadeer também não aparece mais nas buscas da App Store da China.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail