Home > Notícias

Apple compra fabricante de semicondutores por US$ 278 milhões

Design dos processadores da PA Semi baseiam-se na arquitetura Power, que a Apple usou na linha Mac por anos.

IDG News Service/Suécia

23/04/2008 às 9h53

Foto:

A Apple comprou a PA Semi, uma empresa de semicondutores que terceiriza a produção dos seus equipamentos, de acordo com o site da Forbes.

Os designs dos processadores da PA Semi baseiam-se na arquitetura Power, que a Apple usou em computadores Macintosh durante muitos anos, antes de adotar o chip x86, da Intel.

Uma das principais razões de a Apple ter decidido usar processadores da Intel foi a distribuição de calor. A Intel ofereceu processadores móveis com melhores performances sem problemas térmicos.

A mudança da Apple para os processadores da Intel foi facilitada pelo desenvolvimento paralelo de uma versão x86 do sistema operacional Mac OS X. A empresa ainda desenvolve o Mac OS X e outros softwares para a antiga linha de chips dos Macs, o PowerPC, assim como para novos modelos x86, divulgando o software como binário "universal" que rodará em ambas as plataformas.

O chip dual-core PWRficient, da PA Semi, lançado no ano passado, oferece performance até quatro vezes melhor do que chips comuns com o mesmo consumo de energia, segundo a empresa. O processador é destinado ao uso em sistemas embutidos como dispositivos para armazenamento ou infra-estrutura de telecomunicações.

A Apple pagou 278 milhões de dólares em dinheiro pela PA Semi, segundo a Forbes, que citou uma pessoa familiar ao assunto.

A PA Semi foi fundada em 2003 por veteranos da indústria, como Dan Dobberpul, que liderou o desenvolvimento de microprocessadores como o T11, usado no processador Alpha. A empresa tem cerca de 150 empregados.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail