Home > Notícias

Apple corrige falhas críticas no software multimídia QuickTime

Em segunda atualização do ano, Apple corrige brechas na versão 7.6.2 do QuickTime, que permitiriam invasão remota de PC ou Mac.

ComputerWorld / EUA

02/06/2009 às 9h37

Foto:

A Apple corrigiu na segunda-feira (01/06) 10 vulnerabilidades consideradas críticas no softwares multimídia QuickTime, incluindo a brecha explorada durante um concurso para invadir laptops há três meses.

Oito das falhas corrigidas no QuickTime 7.6.2 afetam tanto sistemas Mac como Windows, enquanto outras duas são exclusivas para as versões Windows XP e Vista.

A Apple afirmou que as 10 brechas corrigidas permitiriam a execução arbitrária de códigos maliciosos, frase usada para descrever as ameaças mais sérias que podem ser usadas para comprometer o PC ou Mac da vítima.

Ao contrário de empresas de software como Microsoft ou Oracle, a Apple não classifica as brechas que corrige com um sistema de nomes. A atualização desta semana foi a segunda da Apple no ano, que, no acumulado, já corrigiu um total de 17 falhas  no QuickTime durante 2009.

O número já ultrapassa a metade das 30 falhas corrigidas no QuickTime em 2008. Todas as brechas envolviam problemas com formatos de arquivos. Três delas tinha relação com a maneira como o QuickTime executa filmes, duas estavam na maneira de lidar com arquivos PICT e o restante apresenta problemas relacionados ao formato JP2, MS ADPCM-encoded e animações executadas.

A Apple corrigiu também falhas no software musical iTunes com a divulgação da sua versão 8.2. Usuários do Mac podem baixar o QuickTime 7.6.2 e o iTunes 8.2 na função Software Update do sistema operacional, enquanto usuários do Windows devem se encaminhar ao site de suporte da empresa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail