Home > Notícias

Apple corta até 30% da produção de MacBooks, diz site

Apple pode reduzir até 30% da sua produção de notebooks terceirizados no 4º trimestre, enquanto a Asustek pode cortar 4,3 milhões de unidades da sua meta.

Macworld/Reino Unido

11/11/2008 às 8h57

Foto:

A Apple e a Asustek Computer diminuíram de 20% a 30% a produção de seus notebooks terceirizados no quarto trimestre deste ano, afirmou o site DigiTimes.

As informações foram retiradas do jornal chinês The Commercial Times, que indica que o impacto será sofrido pelos seus dois principais fornecedores de produtos, a OEM, parceira da Quanta Computer, companhia de Taiwan que acreditava que seria a responsável pela produção das novas cases de MacBooks e a Pegatron Technology, que produz os laptops Asus.

De acordo com o DigiTimes, o jornal chinês afirma: “A Asustek estima que a distribuição de notebooks no quarto trimestre deste ano será somente de 1,7 milhão de unidades, tornando improvável a capacidade de atingir sua meta anual de 6 milhões de unidades”.
 
A publicação chinesa não tem informações específicas sobre o número de cases de MacBooks encomendadas pela Apple.

A redução pode ser um sinal de enfraquecimento da economia, embora seja importante notar que a Apple também utiliza outros fabricantes como a FOXCONN, na produção dos notebooks brancos de 719 libras (1.125 dólares). Uma reportagem anterior do site DigiTimes (retirada do site chinês Apply Daily) afirmou que a Apple havia encomendado de 300 mil a 400 mil unidades do novo MacBook branco.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail