Home > Notícias

Apple apresenta o futuro Mac OS X, o Yosemite

Novo sistema operacional adota o visual do iOS 7 com ícones planos e transparências e traz mais integração com iDevices

Rafael Rigues

02/06/2014 às 13h48

yosemite 520.jpg
Foto:

A Apple apresentou durante a palestra de abertura da WWDC 2014 em San Francisco, EUA, a próxima versão do Mac OS X, codinome "Yosemite".

O sistema ganhou uma mudança no visual, que está mais próximo do adotado pela Apple no iOS 7: ícones "planos", imagens vetoriais, transparências e muito espaço em branco. Segundo Craig Federighi, a transparência ajuda a manter um senso de "profundidade" e posição na interface, especialmente ao lidar com múltiplas janelas. As fontes foram repensadas tendo a consistência tipográfica como tema, e quem não gosta das cores claras do iOS 7 poderá optar por um "modo escuro". 

Yosemite_Screenshot-580px
A nova interface do OS X Yosemite é similar à do iOS 7, com nova tipografia e muitas transparências

O Spotlight ganhou uma nova interface, com uma grande barra de buscas no meio da tela quando chamado, e integração com fontes de conteúdo online. Também é possível fazer conversões de medidas, e uma busca pelo nome de um aplicativo retorna também todos os documentos recentes criados naquele aplicativo. A Central de Notificações agora pode ser ampliada, com widgets fornecidas por aplicativos instalados no Mac e uma visualização das atividades do dia (Today View) como no iOS 7.

O iCloud Drive parece ser um concorrente de serviços online como o Dropbox ou Box. Além dos arquivos criados por seus apps, o usuário também poderá armazenar arquivos de qualquer tipo, e organizá-los como quiser. O conteúdo é automaticamente sincronizado entre Macs, aparelhos com o iOS e também PCs com Windows.

O Mail ganhou um recurso chamado Maildrop, que separa os anexos da mensagem, e mostra ao destinatário um link para o download do arquivo. Federighi apresentou o recurso como uma solução para o envio de anexos grandes, que com o serviço podem ter até 5 GB cada.

O navegador Safari ganhou uma nova interface, com uma barra de ferramentas simplificada. O suporte a feeds RSS retornou, e há um novo sistema de gerenciamento de abas, que mostra uma grade com miniaturas de todos os sites abertos. A Apple também trabalhou para reduzir o consumo de energia do navegador, e como resultado a autonomia na reprodução de vídeo em HD via Netflix é de até 2 horas a mais em relação às versões anteriores.

Melhor integração entre o iOS e OS X

Um sistema chamado "Continuity" (Continuidade) aumenta a integração entre Macs e iDevices. Quando estão próximos um aparelho tem consciência das atividades no outro, e um iPhone pode mostrar na tela alertas para terminar de compor um e-mail que você começou no Mac, por exemplo. O AirDrop agora permite a troca de arquivos entre um Mac e um iPhone/iPad (já não era sem tempo!) e é possível criar um "hotspot" com um iPhone para compartilhar a conexão com um Mac com apenas um clique em um item de menu.

Mais interessante, é possível usar um Mac para ler e compor mensagens SMS, que serão retransmitidas através do iPhone, e até mesmo iniciar e responder a chamadas. Ao navegar na web no Safari, por exemplo, basta um clique em um número de telefone para iniciar uma chamada e colocá-la em viva-voz no Mac.

O OS X Yosemite estará disponível aos desenvolvedores em forma Beta a partir de hoje, e um programa Beta público será iniciado em meados deste ano. O sistema será lançado a partir de Setembro, e como o OS X Mavericks será gratuito. Ainda não há informações sobre quais máquinas serão suportadas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail