Home > Notícias

Apple defende preço do iPad mini mais alto que rivais Android

Para executivo da empresa, fato de tablet ser um "produto premium" fará consumidores pagarem US$330 em vez de US$200 pelos concorrentes do Google e Amazon.

Macworld / Reino Unido

25/10/2012 às 18h30

Foto:

O vice-presidente sênior de marketing da Apple, Phil Schiller, defendeu o preço de entrada do iPad mini de 329 dólares (nos EUA), afirmando que é a qualidade do recém-anunciado tablet que vai ajudá-lo a derrotar a concorrência.

O tablet de 7,9 polegadas, que foi apresentado durante evento especial da Apple, é mais caro do que rivais como o Amazon Kindle Fire HD 7 e o Google Nexus 7, com preços a partir de 199 dólares nos Estados Unidos. Mas Schiller disse que o iPad mini é um produto premium pelo qual os usuários verão que vale a pena pagar mais.

“O iPad é de longe o produto mais bem-sucedido na categoria”, disse o executivo para a agência Reuters, em referência aos 70% de mercado do tablet da Apple no mercado. “O produto mais barato que oferecíamos saía por 399 dólares e as pessoas já preferiam ele do que a concorrência.”

“E agora você pode ter um aparelho que é ainda mais acessível por 329 dólares nesse ótimo formato novo, e acho que muitos consumidores ficarão animados com isso”, disse.

ipadmini_390.jpg

Schiller com o novo iPad mini no evento especial da Apple nos EUA

A confiança de Schiller é tanta que ele fez um comparativo lado a lado entre o aparelho de 7,9 polegadas da Apple e o rival Google Nexus 7 durante o evento nesta semana. “Outros tentaram fazer tablets menores que o iPad e falharam miseravelmente”, disse na apresentação, realizada em San Jose, Califórnia. “Essas não são ótimas experiências.”

E você, o que achou do preço do novo iPad mini? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail