Home > Notícias

Apple deve lançar serviço de streaming de música em junho

Plataforma também seria rede social para artistas, uma estratégia da Apple para se diferenciar de serviços de streaming já estabelecidos como Spotify

Da Redação, com IDG News Service

14/05/2015 às 14h46

Itunes-625.jpg
Foto:

Você se lembra do Ping? Provavelmente não, mas a rede social com inclinações para a música que a Apple tentou emplacar em 2010 talvez esteja retornando como parte de uma nova fase do seu Beats Music. 

A ideia é que, por meio do novo serviço, músicos poderão criar suas páginas, incluir datas de show e se aproximarem de seus fãs, informou o site especializado 9to5Mac. Há ainda a possibilidade do serviço ser renomeado para Apple Music. 

Artistas também  poderiam promover outros artistas em suas páginas. Por exemplo, se o rapper Jay-Z quiser buscar apoio de seus fãs para um novo álbum da Beyoncé, ele poderá fazê-lo facilmente por meio da rede. 

A história por trás da história

A Apple precisa diferenciar o seu serviço de streaming de outros já estabelecidos, caso do Spotify. Segundo o 9to5Mac, a companhia deve lançar seu novo produto na conferência anual de desenvolvedores da Apple, que acontece nas próximas semanas entre os dias 8 e 12 de junho.

Uma rede social destinada para músicos, por exemplo, poderia encorajar grandes nomes como Beyoncé, Jay-Z e Taylor Swift a assinarem com a Apple Music e oferecer conteúdos exclusivos para fãs.

Como o Apple Music irá funcionar

Diferente do Ping, o Apple Music não precisaria integrar com outras plataformas como o Facebook e Twitter para seu novo serviço. Fãs poderiam usar o mesmo ID da Apple que  utilizam no iTunes para se cadastrarem, fazer comentários e curtir a página de seus artistas favoritos. 

Há rumores também de que a Apple oferecerá um teste grátis para impulsionar o crescimento do serviço.

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail