Home > Notícias

Apple domina mercado de chips de 64-Bit para dispositivos móveis

Apesar da liderança, pesquisa aponta que situação irá se reverter em 2018, com mais chips em aparelhos Android.

Agam Shah, IDG News Service

12/03/2014 às 13h09

Apple_A7-435px.jpg
Foto:

Segundo informações da ABI Research publicadas nesta terça-feira, a Apple domina o mercado de processadores de 64-Bit para dispositivos móveis, enquanto fabricantes rivais de smartphones esperam por uma versão de 64-Bit do sistema operacional Android.

A expectativa é que esta versão seja lançada no segundo semestre deste ano, o que deve impulsionar a adoção dos novos processadores entre os aparelhos com o sistema operacional da Google.

Cerca de 182 milhões de processadores de 64-Bit para dispositivos móveis serão entregues pelos fabricantes até o final desde ano, mas apenas 20% deles serão usados em aparelhos Android. O processador A7 da Apple, usado no iPhone 5s e nos iPad, retém uma fatia dominante deste mercado, segundo a ABI.

Mas à medida em que mais aparelhos Android com processadores de 64-Bit forem lançados nos próximos anos, a participação da Apple neste segmento do mercado irá declinar. Em 2018 cerca de 1,12 bilhões de processadores de 64-Bit para smartphones e tablets serão entregues pelos fabricantes, com 60% deste total usado em dispositivos Android, 30% nos aparelhos da Apple e apenas 9% em máquinas equipadas com uma das versões do Windows.

Assim como nos PCs, espera-se que os smartphones e tablets eventualmente façam a transição de arquiteturas de 32 Bits para 64 Bits, o que permite entre outras coisas que os aparelhos usem mais de 4 GB de memória, algo que ainda não é necessário. A transição também trará melhorias em outras áreas, como compressão e descompressão de vídeo ou dados.

O iOS tem uma versão para 64-Bit desde setembro passado, quando o iPhone 5s foi lançado, e uma versão de 64-Bit do Android está disponível para processadores Intel mas não para os ARM, que dominam o mercado. A Google se recusou a comentar sobre uma data de lançamento de uma versão de 64-Bit para ARM, mas sabe-se que uma versão de 64-Bit do navegador Google Chrome para Android está em desenvolvimento, e a comunidade de desenvolvedores Open Source está criando ferramentas de desenvolvimento em 64-Bit para o Android.

A Apple surpreendeu as fabricantes de dispositivos móveis com o lançamento do iPhone 5s, que tem um processador A7 dual-core de 64-Bit. Outros fabricantes estão lutando para recuperar o tempo perdido, mas até o momento nenhum outro smartphone equipado com um processador de 64-Bit foi anunciado, embora fabricantes como a Intel, Qualcomm, MediaTek e Nvidia já tenham anunciado chips, que podem chegar aos aparelhos a partir do final deste ano.

Analistas da indústria disseram que os fabricantes de dispositivos portáteis estão tentando migrar rapidamente para os chips de 64-Bit para oferecer benefícios aos usuários, mas também em grande parte para se igualar à Apple sob a perspectiva do marketing. A ABI Research concorda com esta conclusão.

Embora a ABI esteja projetando o lançamento de aparelhos Android com processadores de 64-Bit para este ano, observadores da indústria disseram que eles inicialmente serão poucos. Um número maior deve ser lançado a partir do início do próximo ano.

Muitos chips baseados em uma arquitetura ARM de 64-Bit já foram anunciados, e podem levar de nove meses a um ano para passar por testes e validação. A Nvidia e Qualcomm dizem que aparelhos baseados em seus chips devem surgir “na segunda metade deste ano”. Os primeiros aparelhos Android com processadores de 64-Bit podem ser aqueles baseados em um processador Intel Atom de codinome Merrifield.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail