Home > Notícias

Apple é condenada a indenizar usuário por capturar dados de iPhone

Empresa foi obrigada na Coreia do Sul a pagar cerca de R$ 1.500 reais a um advogado que se sentiu espionado e entrou com uma ação contra a empresa

Redação da Macworld Brasil

15/07/2011 às 8h42

Foto:

A Apple foi condenada na Coreia do Sul a pagar cerca de 1.500 reais  a um advogado por ter capturado informações sem a autorização do usuário, segundo informações divulgadas pelo jornal britânico The Telegraph. Segundo a publicação, a informação foi confirmada pela Corte de Changwon.

Apesar da vitória, a primeira derrota da Apple relacionada à questão, o advogado Kim Hyung-Souk prepara uma outra ação, desta vez coletiva, contra a companhia. Com isso, novos usuários que se sintam lesados podem pleitear indenização, desencadeando uma onda de ações contra a empresa de Steve Jobs.

Entenda o caso 

Em abril, dois consumidores que vivem nos Estados Unidos entraram na Justiça contra a Apple por  conta da revelação de que a empresa captura dados de localização de usuários do iPhone e do iPad.

O processo foi iniciado dois dias após pesquisadores da área de segurança terem divulgado informações sobre o fato de iPhones e iPads capturarem diariamente dados dos usuários que mostram a localização dos proprietários, registrando seus passos. As informações eram gravadas em um arquivo não criptografado e que podia ser obtido com certa facilidade, segundo os especialistas.

A Apple não comentou a decisão da Justiça coreana.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail