Home > Notícias

Apple é envolvida em processo pelos direitos do hit ‘Ai, se eu te pego’

Estudantes dizem ter criado o sucesso de Michel Teló durante viagem, e querem ser reconhecidas como co-autoras; multa pode chegar a R$ 50 mil por dia.

Da Redação

15/03/2012 às 17h39

Foto:

Um juiz da 3ª Vara Cível de João Pessoa, na Paraíba, emitiu uma medida cautelar que obrigaria o cantor Michel Teló, a gravadora Som livre, a Apple e os respectivos compositores da música “Ai se eu te pego” a depositarem os lucros obtidos com a música, depois que seis estudantes paraibanas entraram na justiça alegando que são as autoras da canção. As informações são do site Paraíba

De acordo com a decisão do juiz Miguel de Brito Lira Filho, as partes deveriam ser obrigadas a apresentar um “balanço contábil de faturamento com a música 'Ai se eu te pego', consignando judicialmente a receita/lucro, mantendo o crédito indisponível até o trânsito em julgado da presente demanda” (o que faria com que os bens do cantor obtidos a partir da canção fossem bloqueados). A Apple e a Som Livre, por sua vez, também devem consignar judicialmente a quantia arrecadada a partir da canção.

A medida estabelece ainda que caso a produtora não apresente os valores supracitados em até dois meses, a empresa poderá ser multada em 50 mil reais por dia, multa essa não podendo esta ultrapassar 2 milhões de reais. Enquanto a gravadora Som Livre é responsável pelas vendas do CD do cantor, a Apple vende a música através da iTunes Store, loja online de músicas da empresa.

No processo, as estudantes afirmam que o hit “Ai se eu te pego” teria surgido durante uma viagem à Disney, em Orlando, na Flórida, depois de uma brincadeira envolvendo um suposto romance com um dos monitores da viagem. De acordo com informações da revista Rolling Stone, o cantor não teria sido notificado a respeito do bloqueio do dinheiro, e que não poderia ser parte do processo pois é apenas o intérprete da música, já que os direitos da mesma foram cedidos a ele pelos supostos compositores.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail