Home > Notícias

Apple e fabricante de clones de Mac chegam a um acordo

Psystar terá de pagar indenização e não pode mais comercializar o Mac OS X instalado, mas a empresa já estuda formas para driblar essa restrição; multa deve chegar a US$ 2,6 milhões

Computerworld/EUA

01/12/2009 às 12h45

Foto:

A Apple e a fabricante de clones Psystar selaram na segunda-feira (30/11) um acordo legal que impede efetivamente a Psystar de pré-instalar o Mac OS X nos computadores com chip Intel vendidos pela empresa.

A iniciativa deve encerrar o processo que se arrasta há mais de um ano. A Psystar também deve pagar à Apple por danos físicos e morais. A estimativa, segundo o blog Engadget, é de que a indenização chegue a 2,6 milhões dólares.

Mas a ação pode não evitar que a companhia venda clones de Mac. É que a Psystar pode deixar os consumidores responsáveis pela instalação do sistema operacional em seus sistemas.

A idéia da Psystar é desvincular seu software para instalação do Mac OS X em PCs, o Rebel EFI, deste processo. Desse modo, a empresa poderia enviar o software junto com um computador sem vender o sistema da Apple.

Confira também
Vídeo mostra o processo de instalação do Mac OS X em um PC.

Mais detalhes sobre o acordo não foram divulgados, mas a Psystar indicou que mais informações serão preenchidas hoje na corte federal de São Francisco, com o Juiz William Alsup.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail