Home > Notícias

Apple é novamente processada pela Nokia por violação de patentes

Maior fabricante de celulares do mundo acusa empresa de violar patentes em praticamente todos os seus celulares, players e computadores.

IDG News Service

29/12/2009 às 15h43

Foto:

Em sua última cartada na disputa de patentes com a Apple, a fabricante finlandesa de celulares Nokia afirmou que apresentou nesta terça-feira (29/12) uma queixa à Comissão de Comércio Internacional dos EUA (ITC, na sigla em inglês), na qual acusa a Apple de violar suas patentes "em praticamente todos os seus telefones celulares, players portáteis de música e computadores".

A denúncia envolve o uso, pela Apple, de sete patentes, que deram origem a "recursos-chave" em produtos relacionados com interface de usuário e de câmera, antena e tecnologias de gerenciamento de energia. A Nokia quer que o ITC investigue as alegações.

Nokia e Apple estão amarradas a uma disputa legal que começou em outubro, quando a finlandesa abriu um processo contra a rival na Justiça do Distrito de Delaware (EUA).

Maior fabricante mundial de celulares, a Nokia alegou em ação judicial que a Apple violou dez de suas patentes relacionadas a tecnologias sem fio. A fabricante do iPhone, por sua vez, afirma ter tido 13 patentes violadas.

"Esta ação busca proteger os resultados do desenvolvimento pioneiro" de "tecnologias-chave em pequenos dispositivos eletrônicos", disse o gerente geral de licenciamento de patentes da Nokia, Paul Mellin, em um comunicado sobre a queixa ao ITC.

A resposta da Apple foi sucinta: "Outras empresas devem competir conosco inventando suas próprias tecnologias, não só roubando a nossa", afirmou o membro do conselho geral, Bruce Sewell.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail