Home > Notícias

Apple manda Amazon interromper venda do iPad na China, diz site

Segundo Reuters, companhia alegou que loja online não é uma revendedora autorizada do tablet. Fato acontece em meio a disputa judicial pela marca iPad na China.

Macworld / Reino Unido

16/02/2012 às 11h09

Foto:

O iPad desapareceu da loja Amazon na China em meio a uma disputa judicial pela marca do tablet entre a Apple a companhia chinesa Proview.

De acordo com a agência Reuters, a Amazon recebeu o pedido da Apple para interromper a venda do tablet porque não seria uma revendedora autorizada do iPad “na China e nos Estados Unidos”.

Apesar da disputa entre Apple e Proview, o Wall Street Journal, citando fontes próximas do assunto, afirma que a retirada do iPad da Amazon não tem nenhuma ligação com a briga judicial pela marca do tablet na China. As fontes do WSJ acreditam que Apple e Amazon China estavam trabalhando juntas há semanas para que os produtos fossem retirados do site.

Em uma entrevista recente, o CEO da Apple, Tim Cook, admitiu que o tablet Kindle Fire, da Amazon, é um rival de respeito e que venderá muitas unidades. Com menos recursos que o iPad, o Fire custa menos da metade do tablet da Apple nos EUA.

A disputa judicial pela marca iPad já assistiu a capítulos como a apreensão de dezenas de tablets na China e rumores de que o iPad 3 estaria sujeito a bloqueio da alfândega chinesa, impedindo assim a importação e exportação do aparelho, que é montado no país.

No entanto, a Apple afirma que a alegação da Proview pela marca do iPad – que foi registrada em 2001 – não é mais válida uma vez que uma empresa atuando em nome da Proview licenciou a marca para a Apple. A Proview, por sua vez, afirma que a companhia que licenciou o nome para Apple não tinha autorização para fazer isso.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail