Home > Notícias

Apple mostra sua primeira loja na China, sem iPhone

Primeira loja na China é estrategicamente inaugurada próxima ao início dos Jogos Olímpicos.

IDG News Service/Pequim

17/07/2008 às 9h31

Foto:

A Apple mostrou a convidados sua loja em Pequim nesta quinta-feira (17), a três semanas da abertura dos Jogos Olímpicos. A inauguração oficial da loja, no distrito de Saintlun, será na manhã de 19 de julho. É a primeira loja da Apple na China e a 219ª mundialmente.

Saiba mais sobre o iPhone 3G:
> Especial: tudo sobre o novo iPhone
> Fotos: conheça a nova versão
> Seis perguntas sem respostas
> 11 aplicativos que você precisa conhecer

“Essa é a primeira de muitas lojas que iremos abrir na China”, disse Ron Johnson, vice-presidente sênior de varejo da Apple. Ele acrescentou que a Apple irá abrir lojas “em Pequim, Xangai e além”, e confirmou que outra loja irá abrir na região de Qianmen, rua comercial ao sul da Praça da Paz Celestial, que foi reformada por conta dos Jogos Olímpicos, que iniciam no próximo mês.

A loja irá oferecer serviços do Genius Bar em chinês e inglês, disse John Ford, gerente da loja, com suporte em outras línguas, incluindo alemão.

As vendas do iPhone não serão realizadas na abertura da loja, seja da versão 2G ou da nova 3G. Embora as negociações entre a Apple e a China Mobile tenham ocorrido nos últimos 12 meses, nenhum acordo foi anunciado.

Representantes da Apple confirmaram que o iPhone estará disponível na China, mas sem previsão de data, e não comentaram sobre nenhuma conversa com operadoras locais.

O iPhone 3G, lançado em 11 de julho nos Estados Unidos e em alguns mercados asiáticos como Japão e Hong Kong, enfrenta um desafio particular na China. O país não tem ainda um serviço comercial 3G, e quando tiver, eles esperam utilizar o exclusivo TD-SCDMA (Time Division Synchronous Code Division Multiple Access), um padrão doméstico atual incompatível com outros formatos 3G.

Estima-se que 400 mil a 1 milhão de iPhones originais estão em uso na China, de acordo com a In-Stat, empresa de pesquisa, apesar de nunca ter sido lançado oficialmente no país.

O que os usuários chineses poderão adquirir é a linha completa de computadores e iPods da Apple, incluindo o iPod touch. O Touch estará disponível com 32GB de memória por 4,488 yuans (aproximadamente 647,33 dólares). O mesmo item é vendido por 499 dólares na loja online dos Estados Unidos.

A presença da Apple na China cresceu consideravelmente desde a
chegada do iPod em setembro de 2001. Antes disso, a companhia era quase
invisível no país, exceto pelos expatriados que traziam seus pertences
de suas casas, e designers, artistas e fãs da Apple que compravam produtos em lojas especializadas.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail