Home > Notícias

Apple nega rejeição e diz que Google Voice está em “análise”

Software de voz sobre IP 'ainda é avaliado', devido a suspeita de que ele possa alterar a interface do iPhone.

Redação da Macworld/EUA

24/08/2009 às 12h25

Foto:

Em resposta à Comissão Federal de Comunicação dos Estados Unidos (FCC), a Apple negou ter rejeitado o aplicativo Google Voice de sua loja de aplicativos, a App Store. No documento, contrariando os artigos já publicados na imprensa, a empresa afirma que o  Google Voice não foi rejeitado. "Ele está em processo de análise", declarou a companhia.

Na carta enviada à FCC, a Apple afirma que o software do Google parece alterar a experiência do usuário no uso do iPhone como, por exemplo, na interface das chamadas telefônicas, envio de textos e mensagens de voz, "substituindo funcionalidades essenciais do aparelho". A Apple declara em seu documento que a AT&T não tem relação com qualquer veto ao programa.

Embora a AT&T não participe do processo de aprovação da App Store, os aplicativos que fazem ligações de voz sobre IP (VoIP) devem passar pela operadora antes de serem aprovados pela Apple. De acordo com a operadora, esses programas podem congestionar a rede de telefonia pelo grande fluxo de dados transmitidos. O popular aplicativo Skype, por exemplo, só foi aprovado na App Store com a condição de apenas fazer as chamadas VoIP usando redes Wi-Fi.

Há três semanas, foi aberta outra investigação sobre a rejeição de um aplicativo similar ao Google Voice. O motivo da restrição seria o fato de o aplicativo possuir funções semelhantes às contidas no iPhone.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail