Home > Notícias

Apple pode criar indicador de status para iPhone

Nova patente evitaria a necessidade de apertar o botão “Home” para checar a bateria com a luz brilhante em lugares muito escuros, como o cinema.

Macworld/EUA

27/11/2008 às 9h52

Foto:

Uma das funções ausentes no iPhone é a capacidade de exibir um indicador de status quando o dispositivo está em modo de descanso. Quando o aparelho não está em uso e seu dono quer saber quanto resta de bateria, ele precisa pressionar o botão “Home” e checar o ícone de status da bateria.

Isso vale para outros detalhes. É necessário pressionar o botão toda
vez que você deseja saber o status da bateria, o sinal da operadora ou
a hora. Além disso, o display luminoso pode não ser “adequado” para
alguns lugares escuros como um cinema.

Uma nova patente, em processo de registro pela Apple, detalha como a
indicação de status poderia ser realizada no iPhone sem a necessidade
de deixar o display ligado o tempo todo ou sem precisar pressionar um
botão.

Desenvolvido pelo engenheiro da Apple Michael
Rosenblatt, a patente descreve um método de inserção de duas fontes de
luz atrás do display, uma sob a outra. A fonte de luz abaixo do visor
seria brilhante e seria colocada sobre ela uma fonte de baixa potência
que emitiria uma luz muito fraca.

Aparentemente, a fonte de luz
secundária poderia então ser feita para que a luz passe por várias
áreas transparentes ou semi-transparentes da fonte de luz principal,
fazendo com que fossem emitidas luzes mais fracas, diferente do ícone
de status na tela. A fonte de luz secundária poderia então ser usada
para criar um efeito de brilho ou algo parecido com o indicador de
descanso dos Macs.

A Nokia tentou contornar esse problema com a exibição monocromática de indicador de status na tela, mesmo com a luz de fundo desligada, em alguns dos seus celulares. Contudo, como a função não opera em lugares muito escuros ou iluminados, a empresa removeu o recurso nos modelos mais novos.

A Sony Ericsson oferece a ativação de luz de fundo com um brilho reduzido quando um botão é pressionado. Este método funciona bem para a maioria, mas ainda continua exigindo que um botão extra seja pressionado.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail