Home > Notícias

Apple prepara portátil que “mistura” MacBook e iPad

Produto pode ser aposta da empresa contra os Ultrabooks; equipamento tem tela rotativa e pode virar tablet para tarefas mais simples

Macworld / EUA

17/11/2011 às 9h27

Foto:

Você não precisa ser um Steve Jobs para ver que à medida que os notebooks ficam mais finos e os tablets mais populares, a convergência dos produtos será inevitável. Com esse dia cada vez mais próximo, a Apple já se prepara para isso.

A companhia recebeu a aprovação do Escritório de Patentes dos EUA nesta semana para uma patente de um MacBook com uma antena celular e uma tela rotatória. Um computador desse tipo poderia ser ultrafino como o MacBook Air e possuir a conectividade celular e a versatilidade da touchscreen do iPad.

Também poderia armar a Apple contra o ataque dos chamados Ultrabooks que as fabricantes de PCs estão se preparando para lançar no mundo todo. “Isso é um anúncio oficial para o pessoal da Wintel que a Apple agora tem a habilidade para alcançar ou superar o desenvolvimento do Ultrabook, que deve chegar ao mercado em 2013 com o processador Haswell, da Intel”, declarou Jack Purcher, do site especializado Patently Apple.

A Intel anunciou a categoria de portáteis  Ultrabooks em maio deste ano. A linha é justamente direcionada para o MacBook Air, da Apple. A primeira onda de Ultrabooks, baseados em processadores Intel existentes, já começou a chegar ao mercado. As unidades têm preço sugerido abaixo dos 1 mil dólares e precisam ser super-finos – com 1,9 cm de espessura – ou no caso HP Folio, anunciado hoje, 17/11, ainda menos – 1,77 cm.

No próximo ano, é esperado que a plataforma avance ainda mais com a chegada das unidades baseadas no processador Ivy Bridge, da Intel. Uma terceira leva dos Ultrabooks está planejada para 2013. Eles seriam baseados no processador Haswell e consumiriam metade da energia dos notebooks atuais. Alguns deles também terão suporte para o Windows 8 e sua interface Metro habilitada com touchscreen.

Detalhes da patente

De acordo com Purcher, a nova patente da Apple faz referência a uma estrutura dobrável que permitiria ao MacBook “rodar em relação a sua base”. Ele explicou que a estrutura é muito parecida com as especificações de design da segunda ou terceira geração dos Ultrabooks, que permite transformar o computador em um tablet para simples navegação, leitura e/ou fazer anotações com uma caneta inteligente (smart pen).

macbooktel01.jpg

Nova patente da Apple mostra MacBook-iPad com estrutura rotativa (imagem: Patently Apple)

Quanto à patente da antena, Purcher afirmou que a Apple já tem entrado com pedidos de patentes nessa área por quase dois anos. “É uma tendência que certamente ilustra que a equipe de design industrial da Apple, liderada por Jony Ive, busca abordagens diferentes em criar o MacBook Telefônico perfeito”, escreveu.

Citando a recém-lançada biografia de Steve Jobs, Purcher alega que a companhia está na mesma situação de quando decidiu lançar o iPhone. Na época, Jobs sabia que o iPhone ia canibalizar as vendas do iPod.

“O mesmo vale para o futuro Ultrabook que terá o processador Haswell e, mais importante, suporte para uma tela rotativa que permitirá ao notebook se transformar em um tablet para leitura, navegação, etc”, escreveu. 

"De forma parecida, a Apple precisa oferecer uma alternativa de produto notebook-tablet ou se arriscará a ver as vendas do iPad diminuírem. Com uma unidade combo, a Apple poderá justificar a queda das vendas do iPad se o MacBook-iPad for o beneficiário direto.”

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail