Home > Notícias

Apple prepara serviço de músicas “na nuvem” para iPhone

Segundo CNET e Bloomberg, empresa já fechou contratos com três das maiores gravadoras, EMI, Sony e Warner; acordo com Universal estaria próximo

Computerworld / EUA

23/05/2011 às 15h04

Foto:

A Apple fechou acordos com três das quatro maiores gravadoras do mundo da músicas, que permitirão que os usuários acessem suas coleções de músicas digitais a partir de aparelhos móveis, como o iPhone e o iPod, de acordo com reportagens da CNET e da Bloomberg.

Os contratos sinalizam para a possibilidade de a Apple lançar um serviço de assinatura digital de músicas que criaria uma “jukebox na nuvem”, um movimento que deve fazer com que as receitas com músicas atingissem níveis vistos pela última vez só há mais de dez anos.

Segundo fontes citadas pela CNET na quarta-feira, 18/5, e pela Bloomberg no dia seguinte, a Apple já fechou negócio com a EMI, Sony Music Entertainment e a Warner Music Group. Mas a empresa que teria ficado de fora até o momento é a Universal, justamente a maior de todas. De acordo com informações da Bloomberg, o acordo entre a “maçã” e a Universal está próximo de ser fechado.

“Isso parece um balão de relações públicas”, disse o professor de mídia da Rutgers University, Aram Sinnreich. “A Apple vaza notícias desses negócios para colocar pressão na Universal e conseguir o mesmo acordo que as outras gravadoras concordaram.”

Se as informações estiverem corretas, a Apple poderia lançar um serviço na nuvem autorizado pelas gravadoras para competir com serviços similares, mas não licenciados, de rivais como Amazon e Google.

Com um serviço na nuvem – provavelmente como parte do MobileMe, que os especialistas acreditam que será repaginado nos próximos meses – os consumidores poderão reproduzir músicas de sua biblioteca no iTunes pela Internet, tendo assim acesso a suas músicas a partir de qualquer lugar, com seus iPhones, iPods, iPads e Macs.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail