Home > Notícias

Apple produzirá 6 milhões de iPads e iPhones por ano no Brasil

Informação foi divulgada pela Investe SP, agência do governo paulista que busca atrair investimentos para o Estado

Luiz Mazetto, Macworld Brasil

04/05/2011 às 15h06

Foto:

A Apple produzirá cerca de 6 milhões de iPhones e iPads por ano no Brasil, segundo o presidente da agência Investe São Paulo, Luciano Almeida, que foi entrevistado pelo jornal Valor Econômico. Macworld Brasil entrou em contato com a assessoria da Investe SP, agência do governo paulista que busca atrair investimentos para o Estado, que confirmou as informações divulgadas pelo executivo.

Ainda segundo a reportagem do Valor, essa quantidade de produção deve ser alcançada em um período de três a quatro anos, quando a fábrica responsável atingir sua capacidade máxima. Almeida também garantiu que é possível chegar neste patamar de produção, pois os produtos serão apenas montados no Brasil pela empresa Foxconn, que produz equipamentos da Apple na Ásia e já possui parques industriais no País, destinados à montagem de aparelhos para empresas como Sony e HP.

Mas, para alcançar essa expectativa, a linha de produção exclusiva para a "maçã" deve estar pronta até o próximo mês de junho, visando o início das atividades da fábrica em novembro deste ano – informação que corrobora o que foi dito em abril pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante.

Leia também:

- Fábrica de iPad: Abinee questiona investimentos de US$12 bi no Brasil

- "iPad brasileiro" deve custar menos R$1 mil

ipad390b

iPad deve começar a ser produzido no Brasil ainda este ano

Produção paulista
O presidente da agência aproveitou a oportunidade para confirmar que a produção acontecerá no estado de São Paulo, onde a Foxconn já possui fábricas. No entanto, Almeida afirmou não possuir conhecimento sobre a informação divulgada recentemente pela Agência Brasil de que a companhia asiática investiria cerca de 12 bilhões de dólares no País.

Macworld Brasil entrou em contato com as assessorias da Apple e da Foxconn, que não quiseram comentar o assunto.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail